noticia_193527

O Senador Jean Paul Prates (PT) não gostou do poste deste TL sobre a presença única do deputado Rafael Motta (PSB), acompanhando o presidente da CPI do Óleo nas diligências do Rio Grande do Norte; Polícia Federal ontem e Assembleia Legislativa hoje.

Sim, é verdade que o Senador esteve presente desde o início com a Comissão do Senado, visitando praia de Pernambuco e do Rio Grande do Norte para saber a motivação do MAIOR crime ambiental no litoral brasileiro.

Sim, é verdade também que nada impediria a presença do Senador ou qualquer parlamentar na reunião especial da CPI da Câmara. Pelo contrario. Por óbvio, ajudaria. Se não objetivamente, simbolicamente.

Prates disse ainda que próxima semana terá o primeiro relatório da Comissão Temporária do Senado que terá foco nas medidas emergenciais em relação às pessoas atingidas e não sobre o agente causador do dano.

É que o Senado não fez CPI como a Câmara por entender que a Temporária seria mais adequado.

Hoje o Senador deverá se reunir com o deputado Souza e alguns presidentes de colônias, que também serão ouvidos na sessão da Assembleia Legislativa.

 

* O TL continuará registrando presenças e ausências nessa luta de fundamental importância para o RN e para o Brasil.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Pratinhas só gosta do que dá audiência, e dos parques eólicos.
    O herdeiro de mandato está se esforçando para parecer petista raiz. Uma coisa tem em comum com o PT: É chato!

Deixe um comentário