Inauguração da Central do Cidadão de São Paulo do Potengi - Elisa Elsie

A militância do PT do Rio Grande do Norte voltou a se reunir na quinta-feira (28). Com presença da estrela maior a Governadora Fátima Bezerra. Reunião virtual, diga-se.

Pauta sobre as eleições municipais no Rio Grande do Norte.

Natal o símbolo maior para o partido. Capital com tendência esquerdista nos pleitos pós-redemocratização, mas que em 2018 deu uma guinada com vitória maiúscula do presidente Jair Bolsonaro.

Quem seria o nome para incorporar o sentimento atual do natalense?

Na mesa, a pré-candidatura assumida do infectologista Alexandre Motta, a negativa reiterada da deputada federal Natalia Benavides e o Senador Jean Paul Prates, que ganhou o apoio declarado do secretário Fernando Mineiro.

Mineiro, que sempre teve força nas decisões do PT potiguar e muitas vezes em polos antagônicos da Governadora Fátima. 

O time Prates argumenta que sua candidatura é um “ganha-ganha”.

A chance de mostrar um PT menos radical em razão de sua afinidade com pautas empresarias e , se perder, a oportunidade de ter uma palanque antecipado para sua pretensa reeleição em 22.

Com a negativa de Natália, o nome preferido da Governadora ainda é a grande interrogação.

Mas Prates, lembremos, é habilidoso. Foi seu primeiro suplente quando não era o favorito nas bolsas de apostas de 2014.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. afonso ligorio
    Responder

    Um grande apoio de quem não elegeu-se dep. federal , a
    pois ter articulado com o governador robsom faria a farra com o dinheiro do ipern.

  2. observanatal
    Responder

    Um grande apoio, pense! Aquele apoio de derrubar até o Papa.

    O habilidoso Pratinhas é fogo, tenta ser o PT moderno sem modernidade nenhuma a não ser pra ganhar dinheiro. Sabido esse menino!
    Falta Pratinhas fazer a montagem da foto com Lula.

Deixe um comentário