Mesmo não sendo meu estilo preferido de filme, fui assistir “Esquadrão Suicida”. Fui porque assisti os dois anteriores e gostei!

Entretanto, essa sequência não agradou. Primeiro, os novos personagens inseridos, uma espécie de lobisomem e um tubarão, fogem total da realidade compreensível. Sem contar com o monstro principal, um “ser” pitoresco. Parece coisa de filme de monstro japonês.

Segundo, as cenas de batalhas não envolvem sequência nem concatenação de ideias, e os vilões não emplacam. Outra coisa, os novos personagens que compõem o Esquadrão não se mostram interessantes. Idris Elba como o capitão da turma não está no melhor dos papéis, e o bacana pra esse tipo de filme, como o ator Jai Courtney, foi terrivelmente mal aproveitado.

A história é fraca, o roteiro idem, e os efeitos deixam a desejar. Até Arlequina perdeu seu charme.

Sinopse…

O governo envia os supervilões mais perigosos do mundo para a remota ilha de Corto Maltese, repleta de inimigos. Armados com armas de alta tecnologia, eles viajam pela selva perigosa em uma missão de busca e destruição com o Coronel Rick Flag.

Mas, um detalhe: pra quem gosta de cinema, e já assistiu as versões anteriores, aconselho ir assistir, afinal cinema é sempre uma boa pedida.

Opinião: bom, 3 estrelas.

Lembrando que a avaliação vai de ótimo (5 estrelas) a muito bom (4 estrelas), bom (3 estrelas), regular (2 estrelas) e ruim (1 estrela).

BR_BRAZIL_SUISQ2_Star_Tsr_Online_Master_4000x2049_INTL-1024x638 aa7fd288-68f9-401f-bde7-954e5836d8c1 dad8ebb3-e3e9-41ca-a377-3180cc421480 439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Deixe um comentário