22e7680fc9c1c5876515861771dc58f0

Apesar das informações que trabalhadores de setores de hotéis, restaurantes e bares fariam manifestação nesta sexta-feira contra medidas de restrição de horário dos estabelecimentos, esta não é a opinião da ABRASEL, que em nota se manifestou:

Diante da informação de protesto a ser realizado nesta sexta-feira (5), às 20h, por proprietários de restaurantes, garçons, maîtres, cozinheiros, auxiliares e terceirizados, o Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Rio Grande do Norte e a Abrasel no RN, informam que não foram informado, procurado ou convocado a partir desta manifestação logo mais.

Entendemos o momento vivido e também estamos em diálogo com os Poderes na busca de possíveis soluções que pelo menos minimizem os impactos a serem provocados nos setores de hospedagem, alimentação e eventos no Rio Grande do Norte.

A nota é assinada por Habib Chalita, presidente e Paolo Passariello, vice

Comentários do Site

  1. Olavo Neto
    Responder

    Talvez alguns setores tenham razão nas suas reclamações. Só sabe quem vive o drama, pois alguns estão amargando prejuízos duradouros enquanto talvez outros se guiem pela ambição do lucro. Mas um ramo empresarial que não tem do que reclamar é o de funerárias. Estão nadando de braçadas, funcionando 24 horas, serviço essencial, etc. E o Brasil dividido politicamente, composto por 2 pólos supostamente ideológicos, mas na verdade massa de manobra desses políticos nefastos, que só pensam neles mesmos e o povo que se lasque.

  2. observanatal
    Responder

    Há quem tenha crescido, até acrescentado, o delivery, o take and go, nos seus serviços. E há quem tenha dormido um ano, esperando que novos tempos chegarem. Chegaram. Bem piorados.

Deixe um comentário