th

A Petrobras comunicou, semana passada ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) que decidiu suspender o projeto piloto para geração de energia eólica offshore no campo de Ubarana, na Bacia Potiguar, litoral do RN. A estatal afirma que o plano foi “reavaliado e suspenso, enquanto a empresa prospecta oportunidades de sinergias e parcerias com objetivo de desenvolver um projeto comercial de geração eólica offshore no Brasil”.
A iniciativa seria um projeto-piloto de pesquisa e a Petrobras também previa a instalação de equipamentos para medir o potencial de geração a cerca de 20 km da costa de Guamaré, em uma região com lâmina d’água média entre 12 e 16 metros.
Em Outubro do ano passado, a Petrobrás havia solicitado licença ao IBAMA para o desenvolvimento deste projeto, que aparecia como uma compensação para o RN.

Comentários do Facebook

Deixe um comentário