unnamed

E o baile de petições e recursos segue como esperado desde a última sexta-feira.

O TRE-RN confirmou para a tarde desta quarta-feira, 27, o que decidiu o julgamento da maioria do colegiado quando acolheu o voto do então juiz relator Ricardo Tinôco mandando retotalizar “de imediato” os votos das eleições de 2018 para deputado federal em nome de Kericlis Alves, do PDT.

Hoje também às 12h49 a defesa de Kerinho ingressou com o recurso de Embargos de Declaração com pedido suspensivo. Isto é, para que os votos não sejam anulados e retotalziados para coligação adversária, enquanto o mérito não seja decidido.

Com a palavra o TRE-RN.

 

img_7184.jpg

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    Ninguém fala na incompetência do PDT em apresentar o nome de Kerinho, inclusive sem conferir detalhe por detalhe da candidatura.

    Enquanto Carlos Eduardo achava que tinha uma equipe para organizar uma candidatura, a equipe improvisava. Deu errado de todo jeito. Beto Rosado está pagando o preço.

Deixe um comentário