Após uma verdadeira odisseia de seis meses ao redor do mundo, durante a pandemia do coronavírus, o último navio de cruzeiro que ainda transportava passageiros fez sua última escala, deixando em terra firme oito passageiros.

O MV Artania atracou no porto de Bremerhaven, na Alemanha, nessa segunda-feira, encerrando uma viagem épica de retorno da Austrália. A chegada aconteceu mais de dois meses depois que os últimos grandes navios de lazer foram retirados de operação, em meio ao lockdown global.

Com capacidade para transportar até 1.200 passageiros, partiu para um cruzeiro de 140 dias saindo de Hamburgo, em 21 de dezembro de 2019. Em março, o coronavírus chegou a bordo quando 36 passageiros testaram positivo, após uma verificação das autoridades de saúde australianas quando o navio chegou em Fremantle. Os afetados foram colocados em quarentena nos hospitais locais e três pessoas morreram.

Por conseguinte, os viajantes saudáveis permaneceram em quarentena no Artania até seus vôos de repatriamento serem liberados no final de março. Centenas de pessoas, na maioria alemães, voaram de volta da Austrália para Frankfurt e oito passageiros decidiram retornar para casa por vias marítimas. Esses receberam o status surreal de últimos passageiros de cruzeiro ainda no mar, vendo de camarote o mundo mudar, os países fecharem e reabrirem novamente, enquanto permaneceram ao sabor das ondas. Além dessa turma, cerca de 75 tripulantes também ficaram a bordo até o fim para garantir o bom funcionamento do barco.

Que viagem booa, hein?!

O Navio

O Navio MV Artania, o último navio cruzeiros com passageiros a enfrentar a pandemia

439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Deixe um comentário