UTI-HSC

Apesar da maior notificação de Coronavirus em Natal ser em bairros de classe média alta como Tirol e Petrópolis , o mesmo dado não reflete na gravidade dos infectados em hospitais privados . Ainda bem!

Noite de quinta-feira Santa, ontem, as UTIs(Unidade de Terapia Intensiva) dos Hospitais São Lucas, no Tirol, e Promater em Lagoa Nova estavam vazias, sem nenhum paciente em seus leitos.

O fato é justificado pela suspensão das cirurgias eletivas e pela divisão da metade da capacidade para o Covid-19, o que não foi necessário. Cerca de 20 leitos em cada Hospital.

Tudo isso pra informar a situação sob controle do quadro na capital potiguar.

E , claro, nem de longe incentivar a quebra das cautelas necessárias. A começar pelo – imprescindível – isolamento social.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. Herberton
    Responder

    Então solicitem a transferência dos pacientes que estão nos hospitais públicos, verificar como eles estão…

  2. L.
    Responder

    Porém nos outros há vários pacientes muito graves . Então a matéria para ser realista deveria mostrar o número de leitos e o número de pacientes graves na rede privada de Natal !!

    • Hilda Dantas Agostinho
      Responder

      Assim como os motivos e números de todas as mortes ocorridas, não só as do vírus chinês

  3. Elson
    Responder

    E os partos que as mães correm risco e precisam de UTI? E o risco agregado as recém-nascido e mães? Temos que usar a razão em vez de limitar-se a visão do desespero

Deixe uma resposta para Hilda Dantas Agostinho Cancelar resposta