o Hospital Walfredo Gurgel (HMWG) encerrou nesta terça-feira (18), as atividades da UTI  para pacientes com coronavírus.

Apesar de não ser referência na assistência e tratamento da Covid-19, desde o início da pandemia, vítimas do trauma adentraram o Pronto Socorro Clóvis Sarinho, apresentando sintomatologia respiratória grave associada.

Nestes casos, os doentes eram testados e, caso positivados, eram transferidos para uma área de isolamento. Para aqueles que necessitaram de tratamento intensivo, foram destinados 10 leitos.

O ultimo paciente da UTI Covid teve alta hoje.

Os funcionários do setor comemoraram a finalização dos trabalhos com a gravação de um vídeo, que já circula pelas redes sociais, onde seguram cartazes com mensagens de agradecimento à população, como:

“Isso é resultado de sua atitude”, “Ainda não acabou”, “Porque ainda não temos vacina”, entre outras.

O encerramento das atividades da UTI, no entanto, não é definitiva. “Caso o Estado seja acometido por um novo aumento no número de casos da Covid-19, havendo a necessidade, a UTI Covid será reativada”, afirma a diretora.

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    O Estado mandou, via imprensa, o aviso ao prefeito Álvaro Dias que para fechar UTI’s deveriam comunicar ou autorizar ao Governo. No caso do Walfredo, quem autorizou? A quem o Governo dá satisfação?

    Lembrando que os casos de COVID-19 não param de aparecer, se são graves ou não é outra coisa.

Deixe um comentário