76387595_bsb_-_brasilia_-_brasil_-_25-04-2018_-_pa_-_o_prefeito_de_salvador_acm_neto_presidente_da_c

Por Bela Megale no Globo 

Integrantes do governo de Jair Bolsonaro vinham defendendo o nome do presidente do DEM, ACM Neto (DEM-BA), para ocupar um ministério na Esplanada.

A iniciativa teria como objetivo enfraquecer Rodrigo Maia (DEM-RJ) dentro do DEM, já que ambos são do mesmo partido.

Maia formou um bloco com 11 legendas para disputar a presidência da Câmara e lançou ontem o deputado Baleia Rossi (MDB-SP) como seu candidato. Ele vai concorrer com Arthur Lira (PP-SP), nome apoiado pelo presidente.

Os defensores de ACM Neto no governo argumentaram com Bolsonaro que a entrada do prefeito de Salvador tornaria a relação entre o Palácio do Planalto e o DEM mais fluida.

Hoje, segundo auxiliares do presidente, Maia é o empecilho para a aproximação com sigla.

ACM Neto, no entanto, deu o recado que seu foco é o governo da Bahia.

Segundo interlocutores do Palácio, na reunião que teve com Bolsonaro na semana passada, o prefeito reforçou que seu projeto continua a ser o Nordeste. ACM Neto manteve as “portas abertas” com o presidente.

DO TL 

Como antecipamos aqui, o DEM hoje tem duas alas que se dividem em anti-bolsonaro e neutros.

O presidente do DEM do RN, senador José Agripino Maia se filia à corrente do presidente ACM Neto – que mantém o diálogo aberto com o Palácio do Planalto.

Comentários do Site

  1. José Fortaleza
    Responder

    Neste caso, Agripino e ACM estão jogando a bola fora. Não dá para ser omisso diante de um (des) governo desse.

  2. PedroArtur
    Responder

    ACM e Agripino provando mas uma vez que sao fracos , ja votei em Agripino , depois foi que percebi que ele eh muito fraco, muito diferente do Pai , Tarcisio Maia , esse sim um forte.

Deixe um comentário