Oito mitos do vinho sobre a saúde (VII)

16 de maio de 2019 por Elmano Marques

Comentários 0

GRÁVIDA

O álcool é contraindicado em mulheres grávidas. Uma recomendação que é feita na maioria das vezes instintivamente, mais como uma forma de segurança do que de razão. No entanto, no caso do vinho, uma pequena taça de vez em quando não é absolutamente prejudicial para o feto. Existem vários estudos clínicos e rigorosos que demonstraram isso, desde que a mãe beba apenas uma taça de vinho, preferencialmente tinto, com as refeições.
De fato, estudos recentes concluíram que uma má nutrição da mãe ou o fato de fumar muito, têm maior incidência no feto do que o consumo moderado de vinho.

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.