Harmonização de vinho e comida sem risco: 2. Vinho e peixe

20 de agosto de 2019 por Elmano Marques

Comentários 0

ARMONIZAÇÃO DEF

A regra “peixe com vinho branco” é sempre a escolha mais segura, realmente não tem jeito. Quando se come peixe com vinho tinto, o tanino do vinho em contato com a comida cria um desagradável sabor metálico ou amargo na boca. Há exceções, claro. É possível harmonizar peixes com vinho rosé (que tem pouco tanino) ou até mesmo com um tinto leve como um Pinot Noir (que também não tem tanto tanino). Lembre-se que os peixes possuem sabores desde os mais delicados (robalo, tilápia, linguado) aos mais carnudos (truta, bacalhau, atum e salmão). Quanto mais delicado o sabor do peixe, maior o risco de ser prejudicado pelo tanino. Então, o critério base para não correr riscos é: fugir de comer peixe e vinho com tanino. Logo, escolha um bom vinho branco ou um espumante para acompanhar seu prato.

Por: Marcos Adair

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.