Especial China: 1. Por que a China compra tanto vinho?

22 de agosto de 2019 por Elmano Marques

Comentários 0

A CHINA PRESIDENTE DEF

O consumo de vinho fino está crescendo muito em solo chinês. A sede dos chineses por essa bebida está superando o resto do mundo e, o que costumava ser uma tendência isolada durante ocasiões especiais, passou a ser objeto de presentes e lentamente vai se transformando em item de consumo regular. Tudo é muito rápido. Segundo o site chinawinecompetition.com de Shanghai, o consumo de vinho na China deve aumentar em mais de um terço nos próximos cinco anos. A produção local de vinho é que está num nível muito minúsculo e não é de estranhar, porque o consumidor prefere vinho importado mesmo. Quais as razões da China está comprando tanto vinho? Uma razão fundamental é a mudança na base dos consumidores. O vinho está sendo bebido pelos mais jovens, que acabam comprando mais e comprando mais, além de estarem abertos a experimentar coisas novas. Outro fator é o setor de e-commerce chinês que está em um momento de grande expansão, com lojas on line impulsionando o setor. Mais uma vez, são os jovens que compram na internet, aumentando ainda mais as importações. Nos próximos posts, vamos fazer um breve tour pelos 4 principais países que mais exportam vinho para a China, respectivamente: França, Austrália, Chile e Itália. É importante ter uma ideia de como a China atinge (e vai continuar ainda mais) o preço desses vinhos, já que o primeiro grande fator que sempre definiu o valor de um rótulo foi a famosa “lei da oferta e da procura”. E a China está procurando – ou, por assim dizer, caçando vinhos.

 Por: Marcos Adair

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.