Preços de vinhedos franceses continuam subindo

11 de setembro de 2019 por Elmano Marques

Comentários 0

AUMENTO DEF

Se seu sonho é comprar um vinhedo Grand Cru na Borgonha ou um belo Château Grand Cru Classé em Bordeaux, saiba que os preços não param de subir. Segundo a revista Decanter, um único hectare de videiras Grand Cru na Borgonha pode custar até 14,5 milhões de euros, conforme dados da agência francesa Safer. Isso manteve os vinhedos Grand Cru da Borgonha no topo da escala de preços dos vinhedos franceses em 2018, apesar da grande disparidade no valor dos negócios. Alguns hectares Grand Cru estavam disponíveis por um preço comparativamente baixo de 2,85 milhões de euros. Outras regiões francesas famosas também tiveram aumentos de preços em 2018. Em Bordeaux, Pauillac aumentou 10%, para uma média de 2,2 milhões de euros, e o Pomerol saltou 20%, para 1,8 milhões de euros, embora as melhores parcelas de Pomerol possam ser vendidas por até 3,6 milhões de euros e as mais baratas possam chegar a 1,2 milhões de euros. Os compradores têm “um foco ainda maior nas regiões e apelações de maior prestígio, apesar da escassez de oportunidades e altos preços”, disse Alex Hall, fundador e MD da agência imobiliária e consultoria da Vineyard Intelligence, com sede em Bordeaux. Segue abaixo a lista dos vinhedos mais caros da França, atualmente, em milhões de euros:

01 – Borgonha Grand Cru:  preço máximo de €14.5m e preço mínimo de €6.25m

02 – Pomerol: preço máximo de €3.6m e preço mínimo de €1.8m

03 – Borgonha Premier Cru, branco: preço máximo €3m e preço mínimo de €1.59m

04 – St-Emilion: preço máximo de €3m e preço mínimo de €0,27m

05 – Pauillac:  preço máximo de €2.5m e preço mínimo de €2.2m

06 – Borgonha Premier Cru, tinto:  preço máximo de €2.25m e preço mínimo de €0,68m

07 – Champagne, Côte des Blancs: preço máximo de €1.8m e preço mínimo de €1.58m

Por: Marcos Adair

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.