Brunello 2015 será a melhor safra desde sempre?

8 de outubro de 2019 por Elmano Marques

Comentários 0

BRUNELLO

A safra 2015 de Brunello de Montalcino é histórica, segundo afirma James Suckling em seu site oficial. Para ele, os vinhos mostram impressionante precisão de frutas vivas, taninos finos e acidez refrescante, apesar da maturidade e riqueza das uvas, o que torna essa safra uma das mais emocionantes dos últimos anos. Há muita profundidade de fruta e persistência sem fim. “Os taninos parecem derreter no vinho, uma característica que nunca vi nos meus 36 anos visitando a região como crítico e jornalista de vinhos”, disse o crítico. A estação de crescimento em 2015 foi impressionante. O inverno e a primavera tinham muita chuva para compensar o intenso sol e calor durante o verão. Houve uma chuva em setembro, antes da colheita, para refrescar as vinhas. O bom gerenciamento das vinhas compensou o clima quente durante a estação de cultivo e a separação das uvas secas na colheita foi extremamente importante para a produção de vinhos excepcionais. A maioria dos produtores colheu no final de setembro ou início de outubro, o que é um sinal de que não estava muito quente e as uvas tiveram a chance de amadurecer adequadamente. Assim, muitos produtores fizeram excelentes vinhos em 2015. Tanto que, dos 187 exemplares provados por Suckling, metade deles foi classificado com 95 pontos ou mais. Ele admite que é tentador afirmar que 2015 é a melhor safra de Brunello de Montalcino de todos os tempos, mas pode muito bem ser. E certamente já está no nível de outros excelentes anos da denominação, como 1997, 2006, 2007 e 2010. Olhando para as classificações, 2015 chega muito perto da média da ótima safra de 2010. A grande diferença é que 2015 tem vinhos com classificação mais perfeita do que 2010 – 11 exemplares no total. A safra 2016 também foi outra de elevada qualidade. Cerca de uma dúzia de vinhos dessa safra já foram provados por James Suckling e eram de qualidade fantástica, embora há dúvidas sobre se a safra será melhor que 2015. Independente disso, seguramente já há certeza de que serão duas excelentes safras consecutivas. Os vinhos da safra 2015 estarão disponíveis oficialmente no mercado a partir de janeiro de 2020 e os da safra 2016 a partir de janeiro de 2021.

Por: Marcos Adair

 

 

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.