A Rússia pode se tornar um grande produtor de vinho

3 de dezembro de 2019 por Elmano Marques

Comentários 0

A VINI NA RUSSIAN DEF

A Rússia tem potencial para se tornar um grande produtor de vinho em todo o mundo, segundo a presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), a brasileira Regina Vanderlinde.
“A Rússia pode realmente se tornar uma grande potência do vinho, mas é difícil dizer qual seria o seu volume de produção de vinho.
«Creio que a Rússia é um país muito grande e importante neste segmento. A Rússia está na lista dos maiores importadores de vinho e tem um consumo bastante alto (10,1 litros de vinho por pessoa e por ano), ocupando a sétima posição no mundo. Como resultado, possui um grande potencial e grandes possibilidades de se tornar uma região vinícola, ou seja, estar entre os grandes produtores de vinho ”, afirmou a presidente da OIV. Ela destacou a existência na Rússia de “castas nativas” que devem ser desenvolvidas “, uma vez que são o futuro da viticultura”. Ela também falou sobre as mudanças climáticas e os efeitos do aquecimento global, que são os principais problemas do setor vitivinícola mundial. “O estudo das mudanças climáticas e seu impacto no meio ambiente, no setor, é uma das principais áreas de trabalho previstas no Plano Estratégico da OIV para os anos de 2020 a 2024”, argumentou. Sobre os possíveis benefícios para a Rússia dessa situação, Vanderlinde apontou que “atualmente não há dados concretos, portanto pode ser muito cedo para eu dizer algo sobre a Rússia em relação a essa situação. Mas, como a Rússia é considerada um dos países com clima frio, é possível que isso possa lhe dar alguma vantagem.

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.