A mídia não especializada e as manchetes equivocadas sobre vinhos (1)

14 de janeiro de 2020 por Elmano Marques

Comentários 0

A TOKAJI UM

Recentemente, foi publicada pela CNN Travel – especializada em turismo – uma matéria intitulada “How Hungary produced the world’s most expensive wine” (Como a Hungria produz o vinho mais caro do mundo). O vinho em questão é um Royal Tokaji Essencia Limited Edition 2008, que custa 40.000 dólares a garrafa magnum (1,5 litros). Foram produzidas apenas 20 garrafas, projetadas pelo artista húngaro James Carcass e lançadas em 2019.

A TOKAJI

Cada uma dessas luxuosas garrafas foi soprada à mão pelo artista (logo, não existem duas iguais) e vem em uma caixa lacrada com um interruptor que a ilumina. Seu belo e incomum design foi inspirado no vinho Tokaji pingando lentamente das bagas das uvas, que são colhidas a mão individualmente. As garrafas foram enviadas para Portugal, onde foram escaneadas e fechadas com rolhas personalizadas, antes de serem devolvidas à Royal Tokaji. Mas, note-se que tudo isso se refere à garrafa, não ao líquido dentro dela.

Por: Marcos Adair

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.