Bordeaux: degustações “em primeur” canceladas, o que acontece agora? (2)

23 de março de 2020 por Elmano Marques

Comentários 0

BORDEAUX EM DEF

Mas, além de afetar as degustações “em primeur” de 200 a 300 châteaux, a pandemia do Covid-19 afeta a realidade de todos os 7.000 produtores de vinho bordalês, pois estão tentando encontrar maneiras de continuar trabalhando, enquanto protegem os seus funcionários. Garrafas, rolhas, etiquetas para rótulos e caixas de papelão já estão mais difíceis de encontrar. Há restrições não só para circulação de pessoas, mas para entrega de mercadorias pelas grandes empresas de transporte. Jonathan Ducourt, da Vignobles Ducourt, alertou: “Parece que nossa atividade diminuirá, pois nossos fornecedores não entregam mais”. Bordeaux há muito tempo vende grande parte de seu vinho para mercados estrangeiros, por isso é extremamente dependente de remessas, cadeias de suprimentos e rotas de viagem em bom funcionamento. Observando tudo isso, Didier Marcellis, no Château Serilhan em St-Estèphe, disse: “agora é a hora de mostrar que a região tem as ferramentas para superar isso. Precisamos confiar um no outro e trabalhar juntos”.

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.