25 de abril de 2024
Novidade

Simona Talma lança hoje o EP “LADO A, LADO D”

A cantora potiguar Simona Talma lança em todas as plataformas digitais, hoje (16), o EP “LADO A, LADO D – quarto lançamento “solo” dos seus 23 anos de carreira . A artista – ligada ao blues, jazz e rock, com cara brasileira – enfrentou um câncer de mama e está em remissão, e agora resolve mudar os rumos, os ritmos e a mensagem que sua música leva.

Este novo trabalho busca falar poeticamente sobre o câncer e as dificuldades emocionais e físicas enfrentadas durante o tratamento, oferecendo apoio às pessoas que estão passando pela doença. Além disso, através da campanha de lançamento do EP, a cantora quer conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, uma das medidas mais eficazes para evitar a mortalidade causada pela doença, pois a descoberta das células cancerígenas em estágio inicial possibilita um tratamento menos agressivo e mais efetivo.

A ideia do EP é inédita e de extrema importância social, econômica e que envolve uma questão de saúde de máxima relevância, já que o câncer é a segunda principal causa de morte no mundo. É preciso desestigmatizar e criar produtos que atendam a essa fatia da população e a arte é um caminho que pode e deve trazer luz ao tema.

Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde, entre 30% e 50% dos cânceres podem ser prevenidos. A implementação de estratégias baseadas em evidências para a prevenção, a detecção precoce e o tratamento adequado pode reduzir e controlar o câncer. Muitos cânceres têm alta chance de cura se detectados precocemente e tratados corretamente.

“O impacto econômico do câncer é significativo e está aumentando. O custo anual total da doença em 2010 foi estimado em aproximadamente US $1,16 trilhão” – Organização Pan-Americana de Saúde.

“Alguns dos sentimentos mais difíceis de enfrentar quando somos diagnosticados com câncer são a solidão e falta de pertencimento. Você sente que não pertence mais ao lugar que ocupava na sociedade e que ninguém te entende, essa sensação, junto a possibilidade real da morte, nos enfraquece e tortura emocionalmente. Ouvir depoimentos e ver exemplos de pessoas que venceram a doença é fundamental. Durante o meu tratamento eu recebi depoimentos de pacientes e pessoas que enfrentavam todo tipo de problemas, emocionais ou físicos, me dizendo que se sentiram inspirados com a minha força, em me ver no palco, mesmo num momento tão difícil. Acredito que ouvir músicas feitas por uma paciente oncológica, músicas que estimulam e confortam, pode ser revolucionário e impactar profundamente essas pessoas e suas redes de apoio”, ressalta Simona.

O EP compartilha parte da história de Simona, de antes e depois do câncer, em uma trajetória de autoconhecimento. Com musicalidade quase indefinível, LADO A, LADO D começa com um R&B meio dance, vai pra um trip hop blues, entra numa cúmbia docemente desconstruída pelas guitarras, passa obrigatoriamente pelo rock com letras profundas e inspiradoras até chegar num Ijexá lento, em uma parceria inédita com Paulo Souto.

As faixas gravadas antes do diagnóstico falam de curas, saúde mental e da força do feminino. E duas faixas, Mulher e Agora Eu Sou fizeram parte do aquecimento de para o lançamento do EP.

A primeira faixa, produzida e gravada por Gabriel Souto, com participação de Erick Firmino no baixo, é uma parceria com a cantora e compositora potiguar, residente em São Paulo, Natália Nó: “A linda produção retrô de Gabriel, a energia contagiante da música e a voz divina de Natália me fizeram escolher Curas como a primeira do EP”, destaca Simona. Na sequência a faixa Eu Vou Ficar, produzida por Cris Botarelli, traz uma carta de amor com uma reflexão sobre saúde mental – a faixa ganhou clipe dirigido por Rita Machado e editado por Mylena Sousa e já ganhou prêmio de melhor edição no RN Clipe Festival 2023.

A terceira faixa, Mulher, fala das mães solo, de força, de solidão e leva o nosso olhar para desromantizar as mulheres sobrecarregadas, o visualizer, editado e gravado por Larinha R. Dantas é uma homenagem às mulheres que mudaram o mundo.

São três faixas de músicas inéditas que fizeram parte da sua forma de enfrentar o tratamento e manter a fé. Além de parcerias como a de Delci Jardim, poeta e escritor gaúcho que escreveu a letra de Agora Eu Sou, para ajudar Simona em seu processo: “agora eu sou, na vida, na rua, na pele, agora eu sou dentro de mim.” Esta também conta com visualizer de Larinha Dantas.

A faixa Forte Como Fogo, parceria com o compositor Mariano Tavares, canta sua resistência e resiliência: “Para que eu possa me enxergar ao natural, e me ver descomunal, num momento mais leal à minha essência e a sentimentos vastos, que me liguem ao outro e me levem ao novo. Para que eu nasça e eleve o que foi pouco, e refaça o que foi erro, e renasça forte como fogo”.

E por último e talvez mais emocionante, a faixa em parceria com Paulo Souto, chama-se O Ouro Reluzente de Oxum, escolhida para homenagear seu parceiro e amigo, artista de grande importância pra música potiguar, que nos deixou vitimado pelo câncer. A letra de Simona feita pra Paulo, diz: Sob o sol espero e quero, acima do muro quero tudo, mundo vivo, quero amor e quero amar a beleza do futuro. De quem perde nessa vida eu quero o alvo puro: o ouro consciente de ser um.”

Para tocar e produzir essas faixas, Simona convidou seus maiores parceiros: Luiz Gadelha produz, compõe e grava Agora Eu Sou, além de ser responsável pelas artes de todas as capas, cartazes, banners de divulgação e designer dos vídeos. A banda, composta por Sílvio Franco na bateria, Thiago Andrade na guitarra e Erick Firmino no baixo, grava Mulher e Forte como Fogo. Gabriel Souto produziu O Ouro Reluzente de Oxum e Curas. Uma grande colagem dos momentos vividos pela artista e das pessoas que estiveram ao seu lado nesse período.

O show de lançamento será no dia 20, na sede DoSol, em Potilândia, e contará com convidados super especiais: Ângela Castro, Bruno Alexandre, Daniela Fernandes e Mariano Tavares.

O lançamento do EP Lado A, Lado D tem o apoio do SEBRAE RN, através do edital Economia Criativa 2023.

Siga o ULYSSES FREIRE no Instagram: @ulyssesfreire

Entre em contato: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *