27 de maio de 2024
Notícias

Marcelo Melo volta a disputar o torneio de seu primeiro título ATP, em Portugal

Abril, 2023 – O ano era 2007 e o local Estoril, em Portugal. Lá, Marcelo Melo conquistava seu primeiro título ATP. Agora, o mineiro está de volta ao torneio em que guarda na memória esse momento tão especial. Ao lado do australiano John Peers, Melo entra em quadra para a edição 2023 do ATP 250 de Estoril. A dupla é cabeça de chave número 2 e estreia nesta quarta-feira (5), às 8h (horário de Brasília), diante do equatoriano Diego Hidalgo e do colombiano Cristian Rodriguez.  

“Estoril é um torneio especial para mim porque foi nele que conquistei meu primeiro título de ATP. Com certeza, um dos mais especiais, por ter sido aqui onde comecei a escrever minha história no tênis. Lembro de cada detalhe. E vamos que vamos em busca de mais um”, afirma Melo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio de Volvo, Head, Voss e Asics, somando hoje 36 títulos, sendo dois Grand Slams e nove Masters 1000, tendo chegado a número 1 do mundo.

Melo foi campeão junto com o também mineiro André Sá e esteve em Estoril, além de 2007, em 2008, 2011 e 2012. Em Portugal, este ano, joga o segundo torneio seguido com Peers, que abre a temporada 2023 no saibro europeu. Antes, estreou a parceria no Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, em quadra rápida, chegando até as oitavas de final.

Esta é a 17ª temporada seguida do mineiro como profissional. No ranking mundial de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), divulgado nesta segunda-feira (3), Melo subiu duas posições, ocupando agora a 38ª colocação, com 2.150 pontos. Peers é o atual número 40 do mundo, com 2070.

Oito vitórias em 2023 – Em Adelaide, na Austrália, na abertura da temporada 2023, Marcelo Melo somou quatro vitórias ao lado do norte-americano Mackenzie McDonald. No Rio Open, foram três com o colombiano Juan Sebastian Cabal. E uma com o australiano John Peers no Masters 1000 de Miami.

Recordista em títulos, participações em Grand Slam, ATP Finals e semanas no topo do ranking – Marcelo Melo, 39 anos, é recordista brasileiro em número de títulos, 36 conquistas. Dos títulos, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de dez ATP 500 e 15 ATP 250. Tem o recorde, também, em semanas no topo do ranking da ATP – 56, único brasileiro na história a ser número 1 do mundo em duplas. E esteve entre os Top 10 por oito temporadas seguidas. É recordista em participações em Grand Slam, com 61 edições, e em presença no ATP Finals – completou oito seguidas em 2020. Em 2019 chegou a 500 vitórias, na estreia no ATP 500 de Washington, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.

O primeiro título de Marcelo em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2023
Vice-campeão
ATP 500 – Rio Open, no Rio de Janeiro

Temporada 2022
Campeão
ATP 500 de Tóquio, no Japão

Vice-campeão
ATP 250 de Adelaide 1, na Austrália
ATP 250 de Lyon, na França
ATP 250 de Newport, Estados Unidos
ATP 250 de Los Cabos, no México

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *