25 de abril de 2024
Notícias

Olimpíadas Especiais Brasil ganham representatividade no Projeto “Rexona Quebrando Barreiras”

As Olimpíadas Especiais Brasil têm o grande orgulho de apresentar de forma ampla e abrangente uma das histórias de seus milhares de atletas. A organização mundial sem fins lucrativos, que tem como objetivo desenvolver pessoas com deficiência intelectual por meio do esporte, foi convidada pelo projeto Rexona Quebrando Barreiras a apresentar duas de suas atletas de destaque, Ana Paula Loro e Emanuelle Dutra.

4752AEC5-3076-4E6F-9B71-2DA010F91670
Manu, como é conhecida dentro das Olimpíadas Especiais Brasil, está no primeiro episódio da série, lançado nesse 1º de fevereiro, contando sua narrativa de que encontrou no esporte a chave para desenvolver importantes habilidades socioemocionais para viver melhor com a sua deficiência intelectual. Hoje, a jovem é atleta líder e mensageira global da organização e luta pela inclusão no esporte usando sua própria voz para elevar a voz das pessoas com deficiência. “É uma grande honra representar as Olimpíadas Especiais Brasil, além da própria Special Olympics America Latina e Internacional, que reúne em mais de 200 países, há 54 anos, milhões de atletas e suas famílias. A minha me apoia desde pequena e soube me desenvolver por meio de diversas práticas. O esporte certamente foi uma das mais significativas”, conta Emanuelle.

O episódio também conta a história de Ana Paula Loro, que já ganhou mais de duzentas medalhas em competições nacionais e internacionais de modalidades como tênis, bocha e atletismo. Aos 14 anos, ela teve seu primeiro contato com a raquete e isso foi um diferencial em sua vida, garantindo maior autonomia e independência. “O esporte mudou minha vida”, disse Ana Paula finalizando sua participação no episódio, o que exemplifica a importância da atividade física no desenvolvimento de pessoas com deficiência intelectual – propósito das Olimpíadas Especiais Brasil. O depoimento das atletas está disponível em: https://www.rexona.com/br/para-se-movimentar/quebrando-barreiras-com-fabio-porchat/

O projeto Quebrando Barreiras ainda conta em outros dois episódios mais histórias inspiradoras, além destas, mais três relatos serão publicados no portal Razões para Acreditar até o fim do mês, com o objetivo de mostrar que o movimento físico tem o poder de transformar vidas. Um desses relatos é do técnico Fábio Cobolski, que além de comandar as equipes, é diretor de eventos e competições das Olimpíadas Especiais Brasil no Rio de Janeiro. A organização mudou completamente a percepção dele sobre o esporte e inclusão, tanto é que ele adotou um dos seus atletas, o Rafa.

 

Lançamento Rexona Quebrando Barreiras

Recentemente, o humorista Fabio Porchat desabafou nas redes sociais sobre a dificuldade de se manter motivado para a prática de exercícios físicos, engajando muitas pessoas que compartilham do mesmo problema. Rexona, que acredita que, se prontificou não só a ajudá-lo a não desistir, como convidou o ator para ser seu embaixador, com o objetivo de ajudar milhares de jovens a superarem os limites que os afastam de uma vida com mais movimento e qualidade – aqueles que são impostos por eles próprios ou pela sociedade.

“Encontramos no desabafo do Porchat a oportunidade perfeita para conversar sobre as barreiras que afastam as pessoas dos benefícios de uma vida com mais movimento. Uma pesquisa que divulgamos recentemente revelou que 7 em cada 10 brasileiros dizem sentir que a sociedade só celebra os grandes vencedores e nem tenta fazer atividades físicas por medo de falhar e ser julgado. Comparações e metas irreais criam um grande campo de insegurança e desmotivação, como foi o caso do Fábio. Por isso, é essencial falarmos sobre isso, principalmente com os jovens”, relata Andreza Graner, gerente de marketing de Rexona.

Como um exímio entrevistador, Fabio Porchat conquistou o público com sua habilidade única de trazer à tona histórias icônicas de seus convidados, por isso a marca o convidou a conhecer a trajetória de brasileiros que superaram diversas barreiras por meio do esporte e da dança e criar uma perspectiva positiva em relação ao movimento. As entrevistas renderam uma série inédita com três episódios com histórias inspiradoras que vão mostrar todo o poder que o movimento tem de transformar vidas.

A curadoria das histórias foi realizada junto com algumas das ONGs parceiras apoiadas pelo Projeto da marca: Lov.Fútbol, Special Olympics e Projeto SEJA. Todas as personagens tiveram que quebrar diversas barreiras como preconceito, insegurança, falta de oportunidade e julgamento para alcançarem o sucesso em seus desafios.

“Convidamos o Fabio para ser embaixador do projeto, exatamente por ele falar abertamente das suas próprias barreiras em relação a sua rotina de exercícios. Com sua habilidade única de contar boas histórias, ele nos ajudará a trazer com leveza uma nova perspectiva sobre a prática de atividades físicas e inspirar mais pessoas a quebrarem suas barreiras e alcançarem uma vida melhor, com mais movimento.”, complementa Andreza.

“Estou feliz e muito orgulhoso de poder ser embaixador desse projeto, porque acredito que iniciativas assim melhoram de verdade a vida das pessoas. As histórias são muito especiais e me ajudaram a ver a atividade física por uma perspectiva muito mais positiva. Espero que esse projeto também impacte positivamente a vida das pessoas, incentivando que elas não desistam de se movimentar e seguir seus sonhos, independentemente de classe social, raça, sexo e habilidades.”, finaliza Fabio Porchat.

Os episódios serão divulgados semanalmente, começando por hoje, e ficarão disponíveis no site: https://www.rexona.com/br/projeto-quebrando-barreiras.html e no canal de YouTube da marca, além da divulgação nas redes sociais do Fabio Porchat. Além disso, essas e outras histórias emocionantes poderão ser conferidas no brand channel especial de Rexona Quebrando Barreiras no portal Razões para Acreditar: www.razoesparaacreditar.com/quebrandobarreias.

 

SOBRE OLIMPIADAS ESPECIAIS BRASIL

Projeto global sem fins lucrativos, a Special Olympics é um movimento mundial centrado no desporto, fundado em 1968 por Eunice Kennedy Shriver – irmã do 35° presidente dos Estados Unidos John F Kennedy. Trata-se de uma organização internacional criada para apoiar pessoas com deficiência intelectual a desenvolverem a sua autoconfiança, capacidades de relacionamento interpessoal e sentido de realização por meio do esporte.

Acreditada pela Special Olympics International, as Olimpíadas Especiais Brasil atuam nas seguintes modalidades esportivas: atletismo, águas abertas, basquete, bocha, ciclismo, futebol, natação, handebol, ginástica rítmica, tênis, tênis de mesa, vôlei de praia e judô, além dos Programas: APLs (Atleta Líder), Escolas Unificadas, Atletas Saudáveis, Atletas Jovens, MATP (Programa de Treinamento em Atividade Motora) e Famílias. Tendo o país quase seis milhões de pessoas com deficiência intelectual, as Olimpíadas Especiais Brasil possuem 32 mil atletas treinando e 25 mil competindo durante todo o ano.

Filosofia

A Special Olympics tem como filosofia dar oportunidade a todos os atletas, independente do nível de habilidade, promovendo diversas competições, nas mais diferentes regiões do mundo, durante todo o ano. O programa é conduzido por voluntários e por meio de treinamentos esportivos e competições de qualidade, melhora a vida das pessoas com deficiência intelectual e, consequentemente, a vida de todas as pessoas que as cercam.

Embaixadores

A Special Olympics conta, em nível local e global com uma série de embaixadores que vestem a camisa do movimento e ajudam a levar adiante a causa. No Brasil, as OEB contam com nomes como os jogadores de futebol Cafu, Ricardinho, Romário, Zico, Lucas Moura e Willian Bigode, os jogadores de vôlei Jakie Silva e Giba, e as campeãs de nado sincronizado Bia e Bianca. No mundo, além de nomes importantes do esporte, artistas como Avril Lavigne, Brooklyn Decker Roddick, Charles Melton, Eddie Barbanell, Maureen McCormick, Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger.

 

SOBRE O PROJETO REXONA QUEBRANDO BARREIRAS

O Projeto se concentra no apoio a crianças e adolescentes, especialmente aqueles que enfrentam as maiores barreiras para serem ativos – como jovens de periferia, e está dividido em dois pilares estratégicos de atuação. O primeiro é focado em parcerias com ONGs que promovem inclusão social através do movimento físico, e o segundo consiste numa robusta grade de treinamentos projetados para mentores e professores, com o objetivo de proporcionar a eles as ferramentas que precisam para continuar inspirando suas comunidades. Só no seu primeiro ano, mais de 180 mil jovens já foram beneficiados pelo projeto.

Juntando-se a nomes como Dove, Seda, e outras grandes marcas da Unilever, o programa reforça o compromisso recém-divulgado da categoria de Beleza e Cuidados Pessoais da Unilever em melhorar a saúde e o bem-estar e promover a equidade e a inclusão, atingindo 1 bilhão de pessoas por ano até 2030. Com lançamento inicial no Brasil, Estados Unidos e Reino Unido, a ambição é estender o programa a outros mercados em 2022. Saiba mais sobre o Projeto Quebrando Barreiras em https://www.rexona.com/br/projeto-quebrando-barreiras.html.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *