23 de abril de 2024
Notícias

Palmeiras, Galo e Grêmio avançam na Copa do Brasil

Nos jogos iniciados às 19h30 desta quarta-feira (21), três equipes garantiram a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Palmeiras, Atlético-MG e Grêmio ficaram com as vagas e seguem vivos na luta pelo título nacional. Em João Pessoa, o Verdão administrou a boa vantagem do jogo de ida (3 a 0) e avançou mesmo com a derrota por 1 a o 0 para o Botafogo-PB. Em Campinas (SP), o Atlético-MG arrancou o empate em 2 a 2 com a Ponte e ficou com a vaga, graças ao gol qualificado fora de casa. Em Porto Alegre, o Atlético-PR devolveu o placar da ida (1 a 0) e levou a decisão para os pênaltis. Em disputa emocionante com direito a 16 cobranças, o Tricolor gaúcho levou a melhor (4 a 3) e segue firme na competição.

Em João Pessoa (PB), no Almeidão, a vitória por 1 a 0 não foi suficiente para o Botafogo-PB evitar a eliminação para o Palmeiras. Com a vantagem de ter vencido por 3 a 0 no jogo de ida, o time paulista segurou a pressão dos mandantes no primeiro tempo. Na segunda etapa, o Bota abriu o placar aos 30 minutos com Marcinho, mas ficou a dois gols de levar a decisão para os pênaltis. Mesmo com a série invicta de 10 jogos interrompida, o Verdão ficou com a vaga para as quartas de final.

Em Campinas, no Moisés Lucarelli, a Ponte Preta soube aproveitar a desatenção do Atlético-MG para sair na frente do confronto. Após saída de bola errada do Galo, Roger foi lançado e ficou frente à frente ao goleiro Victor para fazer 1 a 0. Em desvantagem, o time mineiro buscou pressionar nos minutos finais do primeiro tempo, mas a vantagem mínima dos mandantes permaneceu. A Macaca voltou do intervalo mais atenta e ampliou logo aos 2 minutos, com Felipe Azevedo. O atacante arriscou de fora da área e marcou um golaço. O Atlético-MG não se abateu e foi em busca da reação. Aos 29, Lucas Pratto descontou. Aos 40, Robinho arrancou o empate e garantiu a classificação mineira, graças ao maior número de gols marcados fora de casa (2 a 1).

Em Porto Alegre, na Arena do Grêmio, o Tricolor iniciou a partida pressionando o Atlético-PR. Após o bom começo, com uma chance clara desperdiçada por Henrique, o time gaúcho não conseguiu manter a superioridade e o duelo ficou equilibrado. Aos 29 minutos, o Furacão abriu o placar com Andre Lima. Mostrando oportunismo, o atacante aproveitou rebote de Marcelo Grohe e marcou o único gol do tempo normal. A vaga foi decidida nos pênaltis e o Grêmio levou a melhor (4 a 3). Em disputa emocionante de 16 cobranças, Marcelo Grohe se redimiu do gol sofrido, pegou três cobranças e garantiu a classificação gaúcha. O duelo marcou a estreia de Renato Gaúcho no comando do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *