21 de maio de 2024
Notícias

Série C: A inversão de expectativas entre ABC e América

Após as duas últimas rodadas dentro do grupo A na série C do Brasileiro, a realidade dos times potiguares inverteu na tabela de classificação. Superando todas a expectativas contrárias, o ABC enfrentou dois grandes postulantes na briga pelo acesso a série B do próximo ano, conquistou quatro pontos dos seis possíveis e ficou numa posição de franco atirador, com capacidade de brigar de forma mais direta por uma vaga na segunda fase da competição.

Por sua vez o América, que teoricamente tinha todos os trunfos a seu favor, decepcionou e dos seis pontos jogados na Arena da Dunas conquistou apenas um. Além do mais, o time enfrenta um jejum de quatro partidas sem vitórias, tendo sofrido três derrotas consecutivas e está na iminência de contratar seu quinto treinador, na temporada que está apenas na metade.

A situação do Alvirrubro se complicou e se quiser sonhar em brigar na parte de cima da tabela terá também de passar por um processo de superação. Praticamente todos os objetivos traçados no início da temporada foram por terra, apenas a classificação para a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil de 2017 foram confirmadas com a conquista do primeiro turno do Estadual, que o time perdeu a decisão de goleada para o rival ABC. Precisa dizer mais alguma coisa para lembrar o tamanho da insatisfação da torcida?

Essa inversão de expectativas se deve muito ao trabalho de Geninho, que mais uma vez parece ter conseguido fazer mágica, fazendo o ABC apresentar um futebol competitivo mesmo sem suas principais peças em campo e surpreendendo Fortaleza e Remo. Já o América esbarrou na ousadia da diretoria, que resolveu trocar toda equipe praticamente na semana de estreia na série C. Sérgio China é um treinador que trabalha de forma honesta, sabe montar suas equipes, mas requer tempo para isso.

Realizar isso dentro de uma competição competitiva como a série C é bem complicado, mas como futebol é resultado e o presidente americano Beto Santos não tem demonstrado paciência quando eles não vêm, posso apostar todas as minhas cartas que nesta segunda-feira, quando da reapresentação do elenco, o clube terá um novo comandante com a finalidade de fazer aquilo que nenhum de seus antecessores conseguiram: tornar o América um clube vencedor na temporada de 2016.

O América será obrigado a se reprogramar para os dois próximos compromissos contra Cuiabá e Confiança, ambos também não se encontraram ainda dentro da competição e os adversários não poderiam ser melhores para quem busca uma recuperação de expectativas.

Já o ABC que poderá ter de volta senão todas, mas algumas de suas principais peças, hoje tem capacidade de sonhar mais alto devido aos seus bons resultados, A partida contra o River-PI, sábado no Frasqueirão, pode ser o primeiro passo para quem objetiva virar o turno dentro do grupo que estaria classificado para segunda fase. Ainda tem muita bola para rolar, claro, mas o tempo para quem está numa situação difícil parece ser mais curto e daqui resta a desejar sorte aos nossos dois representantes na série C.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *