23 de abril de 2024
Sem categoria

Aeroporto de Aracaju ganhará novo terminal

Aeroporto de Aracaju é um dos mais precários do Nordeste atualmente
Aeroporto de Aracaju é um dos mais precários do Nordeste atualmente

O Aeroporto Santa Maria, que atende Aracaju, cuja malha aérea é uma das mais deficientes do Nordeste, ganhará brevemente um novo terminal de passageiros, com quatro pontes de embarque. O pátio das aeronaves será ampliado.
Trata-se de um dos últimos aeroportos entre as capitais do Nordeste a passar por obras de modernização. O investimento será de R$ 250 milhões, por parte da Infraero, e R$ 20 milhões do governo Estadual.A

2 thoughts on “Aeroporto de Aracaju ganhará novo terminal

  • Herivelto

    O que eu vou dizer aqui, eu sei que o sr. não colocar nos comentários, mas
    o meu interesse é outro, é criticar os seus comentários com relação ao nosso
    turismo, pq o sr. faz píadinhas com o nosso turismo, é pq nnão ta por cima
    nesse governo, nem municipal e estadual.
    Na semana santa a gente bateu recorde de visitantes.
    PS: trabalho com farmacia, não sou empresário do turismo, passe bem.

    Resposta
  • alexandre-rn

    Antonio, desculpe o desvio de assunto,mas achei essa noticia fantastica se for verdadeira, entao resolvi publica-la aqui.
    Noticia vinculada no JORNAL CORREIO DA TARDE de 23 de Abril de 2010
    Publicada na Edição Número 0708 – Ano II
    Allan Darlyson
    O Hotel Reis Magos, primeiro investimento voltado para o turismo do Rio grande do Norte, voltará a funcionar depois de 14 anos interditado. Esse é o primeiro passo para a recuperação da atividade turística na praia do meio. Segundo o secretário municipal de Turismo (Sectur), Fernando Bezerril, o retorno do hotel será um primeiro passo para incrementar o movimento na região. Ele promete o incentivo para a criação de mini shoppings, restaurantes e outras atividades que possam impulsionar a volta do número maciço de visitantes. O que preocupa os comerciantes em volta é a falta de segurança das proximidades do local.
    O projeto, que terá um investimento de R$ 20 milhões por parte da empresa construtora, irá manter as linhas arquitetônicas do hotel, porém com adicional de alguns cômodos. De acordo com Fernando Bezerril, o prédio terá 239 apartamentos, 21 novas lojas e 230 garagens.
    A revitalização do Hotel Reis Magos é resultado de uma negociação entre a prefeitura e o grupo pernambucano S. A., proprietário do prédio. A prefeitura dispensou 50% do valor acumulado do IPTU que o grupo devia aos cofres do município e parcelou o restante em troca da revitalização por parte dos donos do prédio. Assim foi acertado que o grupo iria reabrir o local, em grande estilo.
    O projeto de reconstrução do hotel foi entregue na última quarta-feira (19) pelo diretor do grupo pernambucano de hotéis S.A , Arthur Percínio, na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). Segundo o titular da Sectur, existem expectativas de que o atual projeto seja aceito, tendo em vista que toda obra, segundo ele, está adequada ao atual plano diretor da cidade. As obras não têm data específica para começar. Mas o grupo S.A espera receber o aval da Semurb o quanto antes para dar início a revitalização.
    Bezerril explica que a retomada do imóvel, que já foi símbolo do turismo da capital, irá impulsionar o turismo na região. “Além de gerar empregos, cerca de 300 só de imediato, a reformulação do Reis Magos será um estimulo para o setor. A praia do meio voltará a ser valorizada, como era antigamente”, declarou.
    Representando o Governo do Estado, o secretário estadual de Turismo, Fernando Fernandes, complementou a visão de Bezerril, dizendo que “Com a ponte de todos Newton Navarro, a retomada das atividades do Reis Magos pode se tornar realidade”, lembrou. Fernandes também comentou a importância do hotel para o Estado. “O Reis Magos é um dos maiores patrimônios do turismo do RN. Foi o primeiro voltado para a atividade e merece voltar a encantar os visitantes”, comentou.
    Comerciantes da praia do meio acusam prefeitura de abandono
    Ao contrario dos empresários e dos gestores municipal e estadual do turismo, os comerciantes que trabalham em volta do hotel não estão animados com a notícia de revitalização. Eles reclamam que a Praia do Meio foi abandonada pela Prefeitura. O artesão Márcio Flávio, 26 anos, argumentou que a volta do funcionamento do hotel não vai aumentar o número de visitantes na praia devido ao abandono.
    “A praia do meio está abandonada. Não tem segurança, não tem atrativos. Ninguém se interessa por isso aqui, simplesmente por que não tem nada. Aliás, tem sim, tráfico de drogas, prostituição infantil, assaltos e outras coisas ruins. Antes de inaugurarem o hotel deveriam fazer alguma coisa por quem trabalha e sobrevive do que ganha aqui”, criticou.
    As denúncias de Márcio são comuns de todos que freqüentam a região. O dono de um quiosque em frente ao prédio do hotel, Janilton Silva, 31 anos, confirmou as denúncias do artesão e reclamou da falta de eventos culturais que atraiam visitantes para a praia, que segundo ele, é pouco freqüentada e decadente.
    “Herdei esse quiosque da minha mãe. Estou aqui desde os seis, quando vinha ajudá-la e hoje só vejo o movimento cair. Acredito que mesmo com o hotel, ninguém vem pra essa praia não. Pois não há nada de interessante. Se não fizerem nada por esse local, os turistas vão vim pra o Reis Magos e depois tomar outro rumo. As imediações do local precisam de investimento urgente”, disse.
    Janiton denunciou que na Rua 25 de dezembro, ao lado do hotel, por volta das três horas da tarde, todos os dias, ocorre tráfico de drogas e prostituição infantil. Além disso, os freqüentes assaltos e a falta de estrutura do local são apontados pelo comerciante como fatores de grande influência para a rejeição da praia por parte de turistas e natalenses.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *