24 de junho de 2024
Sem categoria

Contrato acabou e barcos de turismo não podem mais utilizar o Iate Clube de Natal

Crise no turismo náutico potiguar. O Iate Clube de Natal está cumprindo rigorosamente o prazo que está no contrato realizado com empresas que exploram passeios de mergulho a partir do clube.
Com isso, de acordo com o contrato, desde o dia 22 de janeiro (sábado passado) não são realizados passeios a partir do Iate Clube.
A Amanáutica, entidade que representa as empresas que atuam no setor náutico no Rio Grande do Norte, tentou – sem sucesso – negociar uma extensão do prazo.
Os passageiros da Mar & Sub Divers estão embarcando em barcos menores, depois de atravessar um lamaçal em área perto da Rampa, para chegar ao barco maior, de passeio.
Ontem, a empresa optou pelo embarque na praia da Redinha. Mas foi o caos, já que a praia, como em todos os domingos, estava lotada.
A Amanáutica espera que o pier de embarque da Pedra do Rosário (já aprovado pelo Prodetur) seja logo construído. Aí sim, o turismo náutico potiguar tende a decolar.
Não custa lembrar: o que adianta nossos belos pontos de mergulho (como a Risca de Zumbri) serem liberados se em Natal não há sequer píer para os barcos atracarem?

2 thoughts on “Contrato acabou e barcos de turismo não podem mais utilizar o Iate Clube de Natal

  • alexandre-rn

    ANTONIO, as autoridades nao estao nem ai pra qualquer coisa que nao lhe tragam beneficios proprios. A lei que impera aqui é a lei da desorganização. quanto mais ruim, melhor. Se a governadora nao tiver punho firme e colocar esses incompetentes pra correr, a coisa vai afundar de vez e quebrar meio mundo. Uma pena, pois o estado tem bons potenciais turisticos, o povo sabe receber mas tem muito FDP que so quer atrapalhar e da uma de caranguejo,que o estado ande pra tras e quebre literalmente. Equipamentos publicos depredados, segurança publica falida, praias imundas de esgotos a ceu aberto so pra citar alguns problemas cronicos.lastimavel.

    Resposta
  • alexandre-rn

    meu comentario de hj cedo nao foi publicado

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *