1 de março de 2024
Turismo

Imagine depois da Copa…

Agora mudou. Os tempos já são de “imagine depois da Copa”…

No que diz respeito ao Rio Grande do Norte, as ações efetivas no pós-Copa são aquelas já bem conhecidas. Divulgar. Promover. Captar. Nacional e internacionalmente. O destino tende a ficar mais conhecido após o megaevento. Foi notícia no mundo todo. Ecoou no Brasil inteiro. É preciso uma equação para tirar proveito desta superexposição.

As emissoras de TV, sobretudo Globo, SporTV e ESPN (não vi jogos pela Fox ou pela Band), enalteceram bem nossa cidade e o estádio Arena das Dunas. Não podemos computar aqui o desgaste causado pelos seguidos desastres originados pelas chuvas. Como o próprio nome já diz, foi um desastre. Da natureza. Claro que há culpados e relapsos nesse processo. A geologia dirá.

Mais um detalhe: vamos acompanhar bem de perto o “desfecho” das obras de mobilidade que não foram entregues para a Copa. A morosidade não pode dar o tom. O megaevento, pelo menos por aqui, termina amanhã. A engenharia de trânsito e o bom senso, porém, têm que despontar. Mobilidade urbana (e social) é algo ainda muito desconhecido por aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *