22 de junho de 2024
Sem categoria

Infraero explica cobrança de R$ 75 mensais de estacionamento aos funcionários

Prezado jornalista Antonio Roberto,
Com relação à matéria (post neste blog) publicada ontem, sob o título ” Infraero cobra R$ 75 mensais de funcionários pelo estacionamento”, a Superintendência do Aeroporto Internacional Augusto Severo/Natal esclarece:
O valor cobrado aos empregados das diversas empresas que operam no terminal de passageiros é o preço médio praticado pelo mercado local e, ao contrário de outros estacionamentos, não acumula valores extras por período de utilização.
Outro equívoco é relacionar a prestação do serviço de estacionamento aos aluguéis pagos pelos espaços comerciais, já que a concessão de uso de área é feita através de licitação pública, onde cada interessado é quem determina o valor que está disposto a pagar.
Com relação ao estacionamento irregular junto ao terminal de carga aérea, a administração aeroportuária agiu proativamente para evitar que o uso irregular acarretasse multas pelo órgão de fiscalização, já que o local  está destinado exclusivamente ao estacionamento de veículos de cargas e clientes daquele importante segmento.
A Infraero através de carta formal, apenas comunicou à comunidade aeroportuária a decisão daquele órgão, citando, inclusive o prazo de tolerância informado por aquela Secretaria, com o intuito de evitar o
prejuízo para os motoristas inadvertidos.
Aproveitamos a oportunidade para reiterar nossa disposição e interesse de esclarecer qualquer dúvida através do telefone  3087-1201.
Ademais ratificamos nosso compromisso com a satisfação dos nossos clientes, inclusive a imprensa. Grato pela atenção.
Atenciosamente
Usiel Paulo Vieira
Superintendente da Infraero no RN

5 thoughts on “Infraero explica cobrança de R$ 75 mensais de estacionamento aos funcionários

  • Privatizador

    Só gostaria de tirar uma dúvida !!!!! Já que o preço do estacionamento está dentro dos parâmetros comerciais como disse O Sr Usiel Paulo Vieira, por que os funcionários da Infraero, da Policia Federal os funcionários da Anvisa não pagam esses custos também !!!!! Por que eles não abrem um espaço desse estacionamento ou do próprio setor de cargas com um preço mais barato ou um valor compátivel com o salário de muitos funcionários ???????? Mas como já sabemos no Brasil a corda sempre arrebenta para o lado dos mais fracos !!!!

    Resposta
  • Dalianne

    Preço médio praticado pelo mercado???? só se for para o mercado dos funcionários da Infraero, PF e Anvisa, que ganham muito mais do que muitos funcionários do aeroporto e tem um estacionamento só para eles!!! Não precisam pagar “meros” 75 reais para estacionarem os seus pobre carrinhos!!! Não teve um gerente de empresa ou funcionário “do alto escalão” do aeroporto que deixasse de estacionar seu carro no estacionamento da Infrero pelo SIMPLES FATO de ter aumentado de 30 reais para 75 reais por mês!!!!!
    Fico impressionada como a Infraero é legal com os funcionários do aeroporto “a administração aeroportuária agiu proativamente para evitar que o uso irregular acarretasse multas pelo órgão de fiscalização”, vai enganar a quem??? eles estão tentando nos proteger das multas??? ou estão querendo nos “forçar” a pagar essa taxa absurda para aumentar o cofre deles??? já que nas proximidades do aeroporto não existe nenhuma alternativa para nós?! O que acontece é que todos aceitam esse abssurdo, ninguém reclama e abaixa a cabeça!!! PELO AMOR DE DEUS, alguém precisa interferir nesse abuso de preço!! Onde vai parar um aeroporto INTERNACIONAL, em uma cidade tão turística como Natal, que não oferece condições alguma para os usuários e funcionários, quando não é o ar condicionado é a escada rolante, elevador, fingers que não funcionam, aeroporto que não tem estrutura e taxas abusivas!!!!

    Resposta
  • O Piso salarial de um aeroviário gira em torno de 800 Reais, ou seja , ele deveria comprometer a renda em 9,5% de sua renda somente com estacionamento por que o Sr Usiel acredita que quem tem carro tem que ter dinheiro para arcar com este preço abusivo. Ministério Público, socoooorrooooo!!!!!!
    Outra coisa, como disse o colega abaixo, então por que os funcionários da INFRAZERO, PF ; ANVISA e todos os demais orgão públicos presentes no aeroporto, cuja renda é muiiito superior a de quem trabalha na inicitiva privada, também não arcam proporcionalmente com 9,5% de sua renda? acha justo Sr Osiel?

    Resposta
  • Indignado

    Estamos todos indignados com a postura autoritária do senhor Usiel e tenho certeza que todos, assim como eu, não se identificam nos comentários temendo retaliação por parte da INFRAERO.
    O que se questiona entre os funcionários do aeroporto, é a falta de interesse por parte da INFRAERO em debater o assunto com os concessionários e não existencia de um estacionamento REGULAMENTAR para os funcionários, de modo gratuito, assim como existe para a Policia Federal, Anvisa, Anac, Infraero, Policia Militar e estagiários da própria INFRAERO.
    O pior é que existem diversas áreas onde poderiam ser regulamentadas vagas para os funcionários, próximas ao terminal de cargas, próximas a Localiza, próximo ao estacionamento dos taxistas, onde era o antigo estacionamento do aeroporto, enfim. Soluções existem.
    Lembrando que há a existência de subordinação estrutural reticular entre a INFRAERO e os trabalhadores dos concessionários, e que tal cobrança da tarifa de R$ 75 mensais de estacionamento em relação a tais trabalhadores é abusiva e revela a mentalidade capitalista extrema do lucro a qualquer custo, importando em verdadeira afronta às normas principiológicas consagradas nos incisos III e IV do artigo 1° da Constituição Federal de 1988, que consagram como fundamentos do Estado Democrático de Direito a dignidade da pessoa humana e os valores sociais do trabalho.
    Além disso, a cobrança é discriminatória uma vez que os funcionários da INFRAERO, PF, ANVISA, ANAC e mais alguns, são isentos da taxa do estacionamento, e dispõem de um estacionamento seguro e exclusivo.
    A Convenção Nº 111 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), proíbe toda e qualquer distinção de tratamento em emprego ou profissão.
    Está circulando pelo o aeroporto um abaixo-assinado e mesmo temendo que essa “briga” acabe prejudicando os funcionários, vamos seguir em frente contra esse autoritarismo e desrepeito com todos os funcionários do aeroporto, que não fazem parte dos órgãos públicos beneficiados.
    Gostaríamos ainda que o Sr. Superintendente do Aeroporto Internacional Augusto Severo, Sr. Usiel Paulo Vieira, marcasse uma reunião, na presença da imprensa, com os funcionários dos concessionários do aeroporto para tratar de tal assunto, buscando uma solução viável para todos.

    Resposta
  • O que mais impressiona é a falta de interesse por parte da INFRAERO em debater tal assunto com os concessionários e regulamentar um estacionamento para os funcionários.
    Existem diversas áreas que poderiam ser disponibilizadas para tal fim, nas proximidades do setor de cargas, onde se destinam para Ônibus de Turismo, porém os mesmos nunca são vistos por lá, já que estacionam dentro da área do estacionamento privado. Também poderíamos colocar os carros próximos à área da Localiza, onde recentemente a mesma demarcou uma área exclusiva para os seus veículos. Existe também uma área onde antes era o estacionamento do aeroporto e que hoje é utilizado, em parte, pelos taxistas.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *