17 de abril de 2024
Sem categoria

Jornalistas são barrados no Salão Nobre da prefeitura de Natal

Este jornalista e a editora Zenaide Castro, do portal No Minuto, foram convidados a se retirar do Salão Nobre da prefeitura de Natal, agora há pouco, em reunião que contava com cerca de 30 pessoas.
A cena foi constrangedora. Humilhante, sob certo prisma. Mas, graças a Deus, atingiu duas pessoas educadas, que ali estavam a convite do mentor da reunião, o presidente do Conselho Curador do Natal Convention & Vistors Bureau, Fernando Bezerril.
Motivo da expulsão: os jornalistas não poderiam participar da reunião com os empresários de turismo de Natal, que foram pedir à prefeita uma maior atenção em relação à aprovação da ZPA 7, que poderá viabilizar a construção de uma marina no Rio Potengi.
Coube ao secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Natal (Seturde), Tertuliano Pinheiro, o pedido para os dois jornalistas deixarem a sala. Segundo ele, a exigência veio do gabinete da prefeita.
Seja qual for a origem do “convite”, a imprensa (e não falo dos jornalistas envolvidos, pois sou parte integrante) precisa ser respeitada e valorizada. Ou voltamos ao tempo das reuniões fechadas e das decisões herméticas? Treino secreto só no futebol. Dunga aderiu. E deu no que deu.
A mesma mídia que tanto divulga os avanços turísticos de Natal pode – e deve – acompanhar as reuniões do setor, mesmo polêmicas, desde que ouça os dois lados. Ou os jornalistas são meros fantoches das notícias positivas?
É inconcebível que tal atitude tenha acontecido no Salão Nobre de uma prefeitura cuja titular é jornalista.

6 thoughts on “Jornalistas são barrados no Salão Nobre da prefeitura de Natal

  • joão da mata

    Agora à noite, no twitter, a prefeita disse: “Hoje estive reunida com trade e deixei claro que a Marina é um projeto importante para Natal e para Copa em Natal.” Será que esse foi o motivo da expulsão dos jornalistas? Micarla confessou o crime?

    Resposta
  • George Brasil

    caro antonio roberto atitudes como esta não contribui para nada é lastimavel, voce como um jornalista serio e competente merecia mais respeito.

    Resposta
  • felipe

    è porisso que não frequento mas nada de turismo no RN, tudo política, quem é este sr. Tertuliano? Ele pelo menos conheçe de turismo, sabe o que é uma agência de emissão ou de receptivo? Nada. Agora a culpa é nossa que deixamos nossos dirigentes colocarem pessoa liagadas e eles que tenham votos, o turismo que se exploda. Agora vc Antonio te conheço, e não merecia se meter numa bandalheira dessa. Deixa isso para lá rapaz isso é bandalheira política, e até que me provem o contrário vc é cabra sério. Acho que nós agentes de viagem deveriamos nos posicionar e forçar os nossos dirigentes a colocar pessoas certas nos lugares certos, nada de apadrinhados políticos. è assim na seturde, na emproturn e na da prefeitura que não sei o nome. A ABAV tambem tem culpa, tem que se posicionar e se afastar destes políticos que administram estas secretarias. Turismo é coisa séria, para estes politicos ficarem brincando.

    Resposta
  • eudo ventania

    O gesto foi descabido e grosseiro. Todavia, sabe-se no TRADE que o Sr. Tertuliano Pinheiro o popular Big Terto (Rádio Cabugi anos 70/80) é hipocondríaco.
    Agora, é possível que a borboleta o aproveite na SETHAS do município, ele adora leite. Foi Secretário de Estado na SETHAS, no Governo Fernando Freire. Lembram?
    Ele é campeão em consumir leite. O deixa absolutamente calmo e cheio de polidez.

    Resposta
  • alexandre-rn

    falta de respeito. essa eu nao entendi. descriminação por que vc fala a verdade e deixa nos leitores desabafar e mostrar que estamos contra certas atitudes descabiveis que sao tomadas debaixos dos panos. Falamos muito tambem da incompetencia do setor. sera que é por causa disso…ciumes…sei nao…quem souber do motivo, fale sem medo. coloque a verdade pra fora e nos mostre. estou curioso. abradeço desde ja.

    Resposta
  • yan

    Sinto informar que, em termos de cerceamento, a Tribuna do Norte não é muito diferente.
    Em alguns posts (com outro nome), critiquei a estrutura coronelista e patrimonialista da Administração do RN e de Natal.
    Parece que alguém da Tribuna não gostou, e desde há algum tempo que minhas mensagens sequer são enviadas para confirmação.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *