24 de maio de 2024
Sem categoria

RN vive uma crise, também, no turismo

O primeiro mês do ano está terminando e os rumos do turismo do Rio Grande do Norte continuam indefinidos. Até agora só foi nomeado o secretário de Turismo do RN, Ramzi Elali. Todas as diretorias da Setur-RN e da Emprotur (que quase foi extinta), assim como secretários-adjunto e coordenadores, ainda não foram anunciados pela governadora Rosalba Ciarlini. A única notícia oficial refere-se ao corte de dez cargos comissionados na Secretaria de Turismo do RN e mais dez na Emprotur.
O Rio Grande do Norte – ao contrário dos outros oito estados do Nordeste – atravessa uma crise financeira e de identidade, que obviamente reflete no turismo. Os três últimos eventos dos quais o estado participou, institucionalmente, foram viabilizados por entidades de classe e empresas privadas: Feira da Abav e Festival do Turismo de Gramado, no ano passado; e Fitur, em Madri, na semana passada, onde o turismo potiguar teve apenas uma representante: Gina Robinson, coordenadora de Promoção Internacional da Emprotur.
A BNTM está com o período reservado: 12 a 15 de maio, no Centro de Convenções de Natal. Mas a indefinição em relação à Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte e à Emprotur certamente atrapalhará o evento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *