22 de junho de 2024
Sem categoria

Agripino critica “obviedade” da mensagem de Dilma na abertura dos trabalhos legislativos‏

Na abertura do ano legislativo de 2014, nesta segunda-feira (3), o líder do Democratas no Senado, José Agripino (RN), disse que a mensagem enviada pela presidente Dilma Rousseff ao Congresso Nacional nada mais foi do que uma repetição da marca do governo do PT: prometer o que não pode cumprir. “A marca do PT é prometer, anunciar números que nem sempre se configuram com a realidade e simplesmente cumprir um ritual”, ressaltou o senador democrata.

Segundo José Agripino, o que o povo brasileiro esperava da mensagem presidencial – lida pelo primeiro-secretário da Câmara, deputado Marcio Bittar (PSDB-AC) – eram ações concretas, como apoio às reformas política, tributária e trabalhista. “Ao invés de anunciar a implantação de reformas estruturais, a contenção de gastos públicos, para ir de encontro com os interesses do Brasil, a presidente falou, em sua mensagem, de obviedades que não somaram muito”, acrescentou o líder.

Sobre a reforma ministerial recentemente anunciada pela presidente da República, Agripino classificou o ato como “uma ação entre amigos”.

z