24 de maio de 2024
Cidades

Concurso para Guarda Municipal de Macaíba registra mais de 6,3 mil inscritos

Um total de 6.375 pessoas se inscreveu no concurso para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Macaíba, conforme a lista de inscrições homologadas, informada pela Idecan, banca responsável pela organização. Estão sendo ofertadas 50 vagas para preenchimento imediato após a conclusão de todas as fases do certame e mais 150 vagas para cadastro de reserva, totalizando 200 vagas. As inscrições tiveram início em 23 de fevereiro, com prazo de término para 8 de abril, porém foram prorrogadas até o dia 15 de abril.

A prova objetiva está prevista para ocorrer no próximo dia 26 de maio, das 14h às 18h, conforme horário de Brasília. As informações referentes aos locais para aplicação das provas deverão ser acompanhadas pelo candidato por meio de um anexo a ser divulgado em tempo oportuno no site da empresa Idecan. O caderno dessa prova deverá conter questões de conhecimentos gerais (português, matemática e informática) e conhecimentos específicos (direito penal, direito processual e legislação de trânsito).

As demais fases correspondem à aplicação de teste de aptidão física, à avaliação psicológica, à avaliação de saúde, à investigação social e ao curso de formação. É de inteira responsabilidade dos candidatos o acompanhamento das publicações acerca das informações sobre o decorrer do concurso. A remuneração para o exercício do cargo de GCM em Macaíba será de R$ 1.500, acrescida de gratificações específicas aplicadas a essa categoria profissional.

A Guarda Municipal de Macaíba foi criada pelo prefeito Emídio Jr. por meio da Lei Complementar nº 008/2022, e quando for implantada funcionará ininterruptamente e desempenhará a função de vigilância e fiscalização ostensiva de caráter preventiva, zelando pelo respeito à Constituição, às leis e à proteção do patrimônio público em âmbito municipal.

Ter uma guarda municipal era uma constante reivindicação da população de Macaíba. Uma solicitação que a atual gestão da Prefeitura buscou concretizar, somando-se aos esforços para também construir uma das mais modernas centrais de videomonitoramento do Estado, o COISP – Centro de Operações Integradas da Segurança Pública, que está em fase de conclusão.

Foto: Edeilson Morais