25 de maio de 2024
Política

“Estou triste”, afirma Jean Paul Prates, que também admite deixar o PT

*As informações são do Jornal O Globo

Jean Paul Prates, demitido nesta terça-feira da presidência da Petrobras, disse nesta quarta-feira que está “triste” com sua saída. A declaração foi dada pelo executivo ao deixar a companhia no início desta tarde. Prates esteve na sede da estatal no Centro do Rio para buscar seus pertences pessoais e se despedir da equipe.

Ele fez questão de sair pela porta da frente da empresa, onde jornalistas e funcionários do estatal acompanharam sua despedida. Prates foi demitido por Lula em reunião que durou apenas 20 minutos . Segundo relato de fontes próximas ao executivo, ele foi a Brasília achando que teria um encontro de rotina com o presidente.

Não sei o que vou fazer ainda. Estou pensando em política. Não vou tomar nenhuma decisão agora. Agora, vou pensar. Estou triste. Só isso – afirmou ele, na saída da sede da empresa. – Não sei os planos. Eu sempre trabalhei. Vivo das minhas horas de trabalho.

Ainda de acordo com a reportagem de O Globo, Prates disse que não sabe se continuar no partido ao qual é filiado e foi senador da República, o PT.