1 de março de 2024
Nota

Posse de Fátima Bezerra no Consórcio Nordeste foi mais prestigiada fora do que dentro do RN

Basta ver as fotografias para concluir … E não é para tirar o brilho do momento mais do que especial da governadora Fátima Bezerra (PT).

Ela é a primeira mulher a comandar o Consórcio Nordeste deste sua criação em 2019. O fato mereceu destaque na agenda dos nove governadores da região mais populosa do Brasil, mas foi pouco prestigiada pela classe política e autoridades do Rio Grande do Norte. 

De fora, o ministro Welington Dias (Desenvolvimento e Assistência Social) e pelo ex-diretor executivo do Consórcio, Carlos Gabas, que também comandou o Ministério da Previdência no Governo Dilma.

Da bancada federal, só os petistas Natalia Bonavides e Fernando Mineiro.

Da Assembleia Legislativa só os petistas e alguns deputados da base, como George Soares. O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB)levou falta e não fez registro em suas redes sociais. 

De Pernambuco , vieram a governadora Raquel Lyra e a vice Priscila Krause . Bahia, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Ceará, Maranhão, Piauí, todos os novo estados representados independente de partido, unidos para prestigiar a Governadora Fátima Bezerra . 

Poderia ser um evento para reunir prefeitos e lideranças de todo Rio Grande do Norte, mas não foi. Nem o da capital potiguar foi convidado, nem se fez presente. 

A representação afinal é do Rio Grande do Norte e não do partido A ou B. 

Tocar as obras do PAC no Nordeste, dá voz as dores e problemas da região, confirmando a importância da democracia brasileira.

Essa a tônica do discurso da Governadora Fátima, que poderia ter sido ecoado fora, além da bolha PT e simpatizantes, mas não foi. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *