Estado

“Não irá fechar”, garante a Inframérica depois de boato que Aeroporto de Natal fecharia em abril

Circulou pelas redes sociais neste sábado (04) que o Aeroporto de Natal iria fechar em abril.

Novamente, a empresa que administra o aeroporto se pronunciou por meio de nota oficial desmentido a fake news:

A Inframerica, concessionária do Aeroporto de Natal, informa que, mesmo com todas as dificuldades que vem enfrentando, não irá abandonar o terminal aéreo que administra desde 2011, como vem sendo erroneamente reportado em algumas matérias e blogues.

Mesmo com uma demanda reduzida devido às medidas de restrição à locomoção e viagens implementadas para o enfrentamento da pandemia de Covid-19, o terminal potiguar continuará operando 24h e recebendo voos que fazem parte da operação com malha área essencial definida para todo o território brasileiro entre Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), aeroportos e as empresas aéreas. Além disso, o Terminal de Cargas continua operando normalmente.

É falsa a informação que a concessionária irá fechar o Aeroporto de Natal em abril, assim como é mentirosa a informação que a Infraero assumirá a administração do terminal aéreo. A Inframerica reforça seu compromisso na administração do Aeroporto de Natal, em respeito ao contrato de concessão que firmou com o Poder Público, até que ele seja novamente relicitado nos termos da lei.

Antes da Pandemia do Covid-19 chegar ao Brasil, a empresa havia solicitado à União a devolução do terminal potiguar. Durante o trâmite administrativo de análise do pedido, e até que haja a relicitação e a entrada de um novo operador, a administradora manterá todas as operações do aeroporto, com a mesma qualidade e segurança.

Estado

Governo do Estado amplia possíveis concorrentes para Hospital de Campanha após acordo com MPs estadual e federal

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte (MPF/RN) e o Governo do Estado firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para implantação e funcionamento de um hospital de campanha em Natal. O TAC foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial do Estado do RN neste sábado (4). O hospital será utilizado no enfrentamento emergencial da pandemia do coronavírus, causador da Covid-19.

O objetivo do TAC é ajustar a contratação emergencial de ampliação e aparelhamento das unidades de tratamento das pessoas infectadas pelo coronavírus de forma que não haja violação aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, da publicidade, da eficiência e da economicidade.

O TAC determina a adequação dos procedimentos, dentre os quais a eventual contratação emergencial de pessoa jurídica responsável pela gestão do hospital de campanha, mediante fornecimento total ou parcial de recursos humanos, bens, insumos, medicamentos, equipamentos hospitalares e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) a serem empregados no combate ao coronavírus.

O Governo está autorizado a ampliar o universo de virtuais concorrentes no chamamento público publicado no Diário Oficial do Estado, de modo a permitir a mais ampla competição e seleção da proposta mais vantajosa para o erário e para os interesses dos serviços de saúde, podendo selecionar sociedades empresariais hospitalares e de saúde em geral.

Se esse chamamento público fracassar, o Governo do Estado se compromete a empregar todos os meios legalmente cabíveis e ajustados à imediata instalação e funcionamento do hospital de campanha, seja através da contratação de Organização Social, Instituição Filantrópica ou sociedade empresarial hospitalar, inclusive mediante a locação de bens e equipamentos, celebração de contratos de gestão com uma ou mais instituições, inclusive podendo celebrar contratos diversos para objetos distintos (um ajuste para gestão e contratação de pessoal, outro contrato para locação de equipamentos, entre outras possibilidades).

Clique aqui e confira a íntegra do TAC.

Estado

RN apresenta redução da criminalidade no mês de março

O Rio Grande do Norte apresentou redução das Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLI) durante o mês de março em relação ao mesmo período do ano passado, além de registrar diminuição dos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) em diversas cidades.

O total de CVLI no terceiro mês do ano foi de 126, uma redução de 14,29% comparando com o ano passado, quando ocorreram 147 casos. Levando em consideração os três primeiros meses de 2020, dentro dos tipos de condutas letais, apresentaram queda os homicídios dolosos (passou de 291 para 284) e a lesão corporal seguida de morte (passou de 38 para 28).

“O trabalho integrado desenvolvido pela Força Tarefa é fundamental no enfrentamento da criminalidade no Rio Grande do Norte. Ações conjuntas de Inteligência estão resultando na diminuição dos índices de criminalidade e violência”, destacou o secretário da Segurança do RN, coronel Francisco Araújo.

Estado

Secretaria Estadual de Saúde estima 300 mortos no RN em 30 dias por Coronavírus e fala sobre Hospital de Campanha

Em coletiva à imprensa, a Secretaria Estadual de Saúde estimou que em 30 dias o Rio Grande do Norte poderá ter 300 mortos por Coronavírus.

A coletiva foi concedida pelo secretário Cipriano Maia e o adjunto Petrônio Spinelli, que ainda bordaram a questão do hospital de campanha.

A imprensa questionou o valor de R$ 37 milhões e comparou com os gastos em um hospital de São Paulo, nos mesmos moldes.

“São valores que estimamos para o serviço por até seis meses, mas pode ser um valor menor. É uma estimativa”, disse Cipriano Maia.

Ainda alegaram que os valores de equipamentos estão elevados pela falta neste momento de pandemia.

Estado

Sindicato dos Médicos entra com liminar para suspender licitação do Hospital de Campanha do Estado na Arena das Dunas

Nesta sexta-feira (3) o Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed/RN) entra com uma liminar para suspender a licitação aberta pelo Governo do Estado para montagem de um Hospital de Campanha na Arena das Dunas.

A licitação custará R$ 37,1 milhões aos cofres públicos e prevê o contrato com uma organização social para cuidar do equipamento que vai disponibilizar 180 novos leitos pelo período de seis meses como suporte aos pacientes em tratamento do Coronavírus.

O processo já é alvo também de investigação por parte do Ministério Público Estadual que analisa a legalidade do ato.

“Consideramos totalmente equivocada essa ação do Governo. De um lado temos mais de 200 leitos novos a serem abertos em dois hospitais públicos, o da Polícia Militar e o Deoclécio Marques de Parnamirim, que ficarão para a população após a pandemia. Temos o Hospital Rui Pereira em desativação já com dois andares ociosos e o Regional de Canguaretama ainda fechado por falta de condições sanitárias. Do outro o executivo propõe um hospital improvisado por seis meses ao custo de quase R$ 40 milhões. É um absurdo e demonstra a total falta de uma coordenação para abordar esse momento extremamente delicado”, contesta Geraldo Ferreira, presidente do Sinmed/RN.

Segundo levantamento do sindicato, o Hospital da PM está com 150 leitos novos já prontos, sendo 130 de enfermaria e 20 de UTI, faltando apenas mão de obra para que entrem em funcionamento. O Hospital Deoclécio Marques também tem 80 leitos novos de enfermaria praticamente prontos para serem utilizados, precisando só das camas e acabamentos. Sem contar nos 200 disponíveis nos hospitais privados do Estado que já trabalham com o SUS.

“Além disso soma-se a decisão de tirar os queimados do setor onde eram tratados no Hospital Monsenhor Waldredo Gurgel para colocá-los em um local inadequado. Vale salientar que é o único setor de queimados do Estado. E por fim o fechamento da porta aberta do Hospital João Machado jogando os pacientes da saúde mental para a rede básica. É crime em cima de crime na saúde pública do Rio Grande do Norte”, finaliza o presidente do Sinmed/RN.

Sinmed

Estado

Governo do RN faz contrato de R$ 37 milhões para hospital de campanha na Arena das Dunas; MP investiga e Estado esclarece

O Governo do RN quer contratar uma Organização Social para implantar um hospital de campanha no estádio Arena das Dunas.

O custo: R$ 37 milhões.

O jornalista Dinarte Assunção informou em primeira mão que o Ministério Público Estadual abriu um processo para investigar a legalidade da licitação.

Outro lado

Em nota encaminhada ao Blog de Dinarte, o Governo disse que vai convidar os órgãos  de controle – Ministérios Públicos Estadual e Federal e Tribunal de Contas do Estado – para participarem e acompanharem as ações que visam o atendimento à população em tempos de pandemia.

Do Blog: A Secretaria de Saúde de São Paulo implantou 200 leitos e gastou aproximadamente R$ 8 milhões.

 

Estado

Governo contratará mais de 800 profissionais temporariamente para combate ao coronavírus

O Governo do Estado vai contratar 888 profissionais para reforçar o sistema de saúde pública do Rio Grande do Norte durante o período de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A medida envolve a contratação de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, biomédicos, técnicos de enfermagem e de radiologia, higienista hospitalar e maqueiros.

Eles serão contratados pelo período de seis meses e atuarão em quatro regiões de saúde do Estado, ampliando a assistência hospitalar e o processo de abertura de leitos de UCI e UTI planejados para atender pacientes com a Covid-19.

A seleção dos profissionais será feita por meio de processo seletivo simplificado, em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, por meio da avaliação curricular. Será dada prioridade para os candidatos aprovados e que se encontram em quadro de reserva do concurso público deflagrado pelo Edital nº 001/2018-SEARH-SESAP.

Caso as vagas não sejam preenchidas por quem estiver no cadastro de reserva do concurso, serão selecionados de acordo com o tempo de experiência do candidato na função para a qual se inscreveu. Além disso, devido ao estado de emergência de saúde pública decorrente da Covid-19, não serão permitidas inscrições de candidatos que estejam no grupo de risco de contágio da doença.

O edital do processo seletivo foi lançado na quarta-feira (1º) e as inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o próximo dia 6 de abril por meio do endereço eletrônico: https://selecao.saude.rn.gov.br/selecao/.  Todo o processo de seleção será online, com exceção da apresentação dos documentos originais e assinatura do contrato, caso o candidato seja convocado.

A contratação temporária é amparada no Decreto n º 29.581, publicado na edição de 1º de abril do Diário Oficial do Estado, e no estado de calamidade pública instaurada por conta da pandemia.

Estado

Rio Grande do Norte adere à versão digital do CRLV

O Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN-RN) aderiu, nesta quinta-feira (2), ao sistema que proporciona a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Agora, os proprietários de automóveis registrados no estado, já podem ter acesso à versão digital do documento em mãos.

Com a adesão do DETRAN-RN, já são 24 estados que aderiram ao CRLV eletrônico: Ceará, Rondônia, Goiás, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Maranhão, Amapá, Amazonas, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Alagoas, Paraná, Mato Grosso, Acre, Espírito Santo, Roraima, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia, São Paulo, Paraíba, Piauí, além do Distrito Federal. Até o momento, existem mais de 2 milhões de usuários cadastrados no sistema.

A versão eletrônica do CRLV traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do CRLV físico. Ele pode ser acessado mesmo que o proprietário esteja sem acesso à internet, já que o aplicativo gera um arquivo PDF com uma assinatura digital, o que garante a autenticidade do documento. A emissão é feita inteiramente online e não é necessário comparecer ao Detran local para obter o documento digital.

CARTEIRA DIGITAL DE TRÂNSITO – Em vigor desde julho de 2017, o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), que funciona como uma carteira virtual do condutor, emite tanto o CRLV quanto a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Mas, diferentemente do documento do carro, que ainda está contando com a adesão dos estados, a CNH já está disponível para todo o país. Atualmente, já são 2,57 milhões de carteiras de habilitação eletrônicas.

Para a liberação da versão digital da CNH, é necessário que o documento tenha sido emitido a partir de 1º de maio de 2017. Isso porque o usuário, além de ter que preencher o cadastro, deve escanear o QR Code localizado no verso da CNH de papel. Por outro lado, para o documento CRLV Digital é necessário apenas informar o número do Registro Nacional de Veículo (Renavam) e o número de segurança do Certificado de Registro do Veículo (CRV).

O aplicativo oficial, desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), é o Carteira Digital de Trânsito (CDT). Ele é disponibilizado gratuitamente para smartphones compatíveis com os sistemas Android e iOS, acessíveis nas lojas virtuais Play Store e Apple Store, respectivamente.

Fonte: Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Estado

Setor produtivo do RN conserta 17 respiradores do Hospital Giselda Trigueiro

As entidades do setor produtivo vem a público agradecer a todos que contribuíram na campanha de doação de recursos para consertar inicialmente 17 ventiladores  pulmonar (respiradores), marca Vyaire, modelo IXV de propriedade do Governo do Estado  que precisavam de reparo.

Foram investidos R$ 35.086,00 mil reais nesses consertos. Os respiradores consertados (17), já foram entregues ao hospital Giselda Trigueiro.

A campanha é uma ação das entidades CDL Natal, FCDL RN, CDL Jovem Natal, FIERN, Fecomércio RN, Sinduscom, Sebrae, ACRN e AEBA .

Estado

RN tem 839 casos suspeitos de Coronavírus

A Sesap informa, nesta quarta-feira (25), que o número de casos suspeitos aumentou para 839, sendo 20 casos de pessoas residentes em outras regiões do país. Até o momento, são 104 descartados.

Estado

Governo do RN antecipa pagamento de aposentados e pensionistas

O Governo do RN iniciará o pagamento do mês de março já nesta quinta-feira (26), antecipando em até cinco dias a última parcela da folha salarial deste mês para aposentados e pensionistas. A intenção é evitar aglomeração nas agências bancárias.

Todos os pensionistas e inativos da administração indireta serão os primeiros a receber, com depósito dos salários nesta quinta-feira (26). Na sexta (27) é a vez dos inativos da administração direta, além dos alunos soldados da Polícia Militar.

Os ativos das administrações direta e indireta receberão normalmente de acordo com o calendário de pagamentos estipulado no início do ano, com salários depositados nesta terça-feira (31).

Estado

Sindicato diz que servidores da saúde do RN trabalham sem insalubridade e Epi’s

O Sindicato dos trabalhadores (as) em Saúde do RN (Sindsaúde-RN) enviou um documento nesta quinta-feira (19) para o secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia e às direções das unidades de saúde do Rio Grande do Norte, um documento cobrando os equipamentos de proteção individual (EPI’s) que devem ser usados pelos servidores da saúde diante da pandemia de coronavírus (Covid-19) e a implantação imediata o adicional de insalubridade.

O sindicato ainda, orienta os servidores da saúde, conforme o Código de Ética da Enfermagem, que na falta desses equipamentos de proteção se recusem a desenvolver atividades profissionais. Segundo relatos dos próprios servidores, existe uma ausência de diversos insumos, medicamentos e equipamentos nas unidades.

A situação do Hospital Giselda Trigueiro, por exemplo, referência em doenças infecto-contagiadas e centro de referência para tratar casos suspeitos do coronavírus, está preocupando os servidores da saúde, que têm contato direto com pacientes doentes. Está faltando capote, avental e apenas sete leitos estão prontos para receber pacientes.

Além disso, o Sindsaúde está cobrando o adicional de insalubridade e solicitando a publicação imediata de uma Portaria determinado o pagamento do adicional de insalubridade a todos servidores da saúde. Já existe um processo judicial coletivo transitado e julgado que determina a implantação e a reimplantação imediata deste adicional. No entanto, a Sesap vem descumprindo a ordem judicial e deixando a categoria ainda mais exposta.

Estado

Governadora decreta estado de calamidade pública em virtude da COVID-19

O Governo do RN editou outro decreto para enfrentamento à crise decorrente da pandemia do novo coronavírus/COVID-19.

O documento assinado pela governadora Fátima Bezerra foi publicado nesta sexta-feira (20) e decreta estado de calamidade pública para o Rio Grande do Norte, considerando – dentre outras razões – as repercussões que o período de quarentena, necessário para controle da doença, tem gerado para as finanças públicas.

O decreto se baseia no artigo 65 da Lei Complementar Federal nº 101, de 4 de maio de 2000 (a chamada Lei de Responsabilidade Fiscal – que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal) e leva em conta que a referida crise impõe o aumento de gastos públicos e o estabelecimento das medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública, de importância internacional decorrente da pandemia.

A crise gerada pela pandemia do vírus acentua estado de calamidade financeira no estado, reconhecido por meio do Decreto Estadual de número 26.689, de 2 de janeiro de 2019, ratificado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Estado

Decreto Estadual disciplina suspensão de várias atividades no RN

Foi publicado nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial do Estado (DOE), o Decreto Nº 29.524, que dispõe sobre medidas restritivas temporárias para o enfrentamento da Situação de Emergência em Saúde Pública provocada pelo novo Coronavírus (COVID-19), assinado conjuntamente pela governadora Fátima  Bezerra e o titular da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Cipriano Maia.

O Decreto suspende, em caráter temporário e sob o argumento da prevenção do novo Coronavírus, uma série de atividades que aglomerem pessoas. Inclusive, o art. 6º do referido Decreto diz que o desrespeito às determinações configurará crime previsto no artigo 268, do Código Penal.

Estão suspensas temporariamente as atividades escolares presenciais nas unidades da rede pública e privada de ensino, no âmbito do ensino infantil, fundamental, médio, superior, técnico e profissionalizante, pelo período inicial de 15 (quinze) dias; as atividades coletivas, eventos de massa, shows, atividades desportivas e congêneres, com a presença de público superior a 100 (cem) pessoas, sejam públicos ou privados, ainda que previamente autorizados; e todas as feiras, exposições e eventos, aprazados para os próximos 60 (sessenta) dias, que possibilitem aglomeração de pessoas.

O Decreto também determina que caberá à Empresa Potiguar de Promoção Turística (EMPROTUR) e à Secretaria de Estado de Turismo (SETUR) tomar as medidas necessárias ao cancelamento dos eventos agendados para os próximos 60 (sessenta) dias no Centro de Convenções e autoriza a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP) e a Fundação de Atendimento Socioeducativo (FUNDASE) dispor sobre visitas, transferências e transportes de presos e socioeducandos.

O documento também recomenda à população que evite frequentar espaços tais como academias, shoppings centers, teatros, cinemas e feiras livres para evitar circulação de pessoas.

Diário oficial 18 de março_Elisa Elsie

Estado

Governo do RN emite nota sobre Coronavírus

Nota sobre novo coronavírus

O Governo do Estado, na condição legal de responsável pela política estadual de saúde, os poderes do Rio Grande do Nortes, representações das prefeituras e de demais órgãos federais, estaduais e municipais ressaltam que estão trabalhando de forma integrada para alinhar as ações necessárias para o enfrentamento e o combate ao novo coronavírus.

As medidas serão norteadas pelo Plano de Contingência Estadual para Infecção Humana pelo Covid-19 e discutidas em um comitê coordenado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), com a participação da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, representação dos municípios do RN, Ministério Público, Tribunal de Contas, Defensoria Pública do Estado, Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, empresários e sociedade civil.

Como meio de reforçar a necessidade de proteção, conjuntamente o Governo e os demais poderes e órgãos farão uma campanha educativa que atingirá de forma massiva todo o estado com informações necessárias para conter o avanço do novo coronavírus.

Assim como o Poder Executivo já editou normas para o trabalho dos servidores públicos do Estado e o atendimento ao público potiguar, por meio de dois decretos editados no sábado (14), diversas entidades também já publicaram medidas visando diminuir o contágio.

O Governo e todos os demais órgãos públicos ressaltam que o momento exige de todos uma forte união e enorme disciplina para trabalhar com o objetivo de proteger a saúde da população do RN.

Estado

Defesa Civil Estadual alerta para chuvas intensas nas próximas horas

Com base em dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a Defesa Civil Estadual alerta para a ocorrência de chuvas intensas nas próximas horas em Natal. Os acumulados de precipitação são de até 80 milímetros em 24 horas na capital potiguar. Com isso, as chuvas podem provocar danos e acidentes, sobre tudo em áreas de encostas e onde há ocorrência de alagamentos.

O técnico da Defesa Civil Estadual, Dalchem Viana, alerta que a população deve permanecer atenta, pois o risco se dá pelo acumulado das chuvas e pela previsão de mais precipitação nas próximas horas. Segundo ele, as precauções são evitar áreas de possíveis deslizamentos e locais de alagamento.

A equipe da Defesa Civil está atenda aos riscos e monitora permanentemente os dados meteorológicos, geológicos e hidrológicos para o Rio Grande do Norte.

Em caso de emergência, a população deve ligar para 98120-1297 (também Whatsapp), 190, 193 ou 3232-5155.

Defesa Civil em alerta - Foto: Felipe Augusto

Defesa Civil em alerta – Foto: Felipe Augusto

Estado

Zé Vieira é reeleito presidente da FAERN

Em assembleia realizada nessa quinta-feira (12), a Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Rio Grande do Norte (FAERN) reconduziu ao cargo de presidente da instituição, o produtor rural José Álvares Vieira.

A eleição, que teve apenas uma chapa inscrita, aconteceu na sede da FAERN e contou com a participação de todos os presidentes de sindicatos rurais que representam a Federação.

A chapa única foi eleita por unanimidade.

Reeleito para conduzir a FAERN por mais quatro anos, o presidente Zé Vieira agradeceu a confiança depositada no trabalho realizado por ele nos últimos anos à frente da instituição. “Todos sabem do sacrifício e das dificuldades, mas ao mesmo tempo atuamos com austeridade na busca de trazer soluções e na busca da construção da sede própria”, destacou Vieira.

IMG-9074

Estado

Governo convoca prefeitos e secretários para discutirem ações de prevenção ao coronavírus

O Governo do Estado, em acordo com os demais poderes, convocou reunião para a próxima segunda-feira (16), às 15h, na Escola de Governo, para discutir ações de prevenção e combate à propagação do coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte.

Segundo o secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, foram convidados todos os prefeitos, secretários municipais de Saúde, igrejas, federações patronais e centrais sindicais. Participarão equipe da Secretaria Estadual de Saúde, representantes do Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Defensoria Pública, Tribunal de Contas e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o secretário, o Governo já está seguindo o protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde no que diz respeito à prevenção ao coronavírus. Dentre os procedimentos estão o Plano de Contingência Estadual para Infecção pelo Novo Coronavírus, protocolo clínico e de tratamento, os quais fundamentam as ações do Estado.

Estado

Ministro da Infraestrutura garante que nova licitação do Aeroporto de São Gonçalo será tranquila

O processo de relicitação da gestão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, será tranquilo e sem prejuízos para quem chega ou sai do Rio Grande do Norte pelos ares.

“Será feito um termo aditivo ao contrato da concessionária para que ela cumpra os requisitos de operação, mantenha o serviço de excelência dentro dos padrões internacionais até que seja feita a transição. De antemão, digo à população que há interesse concreto no equipamento. Teremos um bom operador, que com certeza vai trazer novos voos e novas oportunidades para aproveitar o grande potencial que o estado tem”, ressaltou Tarcísio Gomes de Freitas, em audiência com a governadora Fátima Bezerra e integrantes da bancada federal: senadores Jean-Paul Prates e Zenaide Maia e os deputados federais Benes Leocádio, Beto Rosado, Fábio Faria, João Maia, General Girão, Natália Bonavides e Walter Alves.

Na audiência, a governadora solicitou a participação de um membro da gestão estadual no grupo de trabalho que vai acompanhar o processo para a nova licitação do Aeroporto. O nome indicado para compor o grupo de trabalho foi o do presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Bruno Reis.

Foto: Ricardo Borges

Foto: Ricardo Borges

Estado

Servidores do IPERN suspendem greve

Os servidores do Instituto de Previdência Dos Servidores Estaduais (IPERN) suspenderam a greve da categoria nesta quarta-feira (11). A decisão foi tomada em assembleia coordenada pelo SINAI-RN (Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN) após o Governo apresentar proposta com vistas a implementar o auxílio-alimentação, uma das principais reivindicações que levaram os profissionais a paralisar as atividades a partir de 02 de março.

Com isso, foi suspenso temporariamente o ato que estava previsto para acontecer nesta quinta-feira (12). Uma nova data será marcada em conjunto com o Fórum Estadual dos Servidores, uma vez que a Reforma da Previdência do RN é pauta da atividade. A categoria ainda deliberou se manter em estado de greve.

Auxílio-alimentação por meio de tickets

O Executivo propõe implementar o auxílio-alimentação por meio de vale (tickets) no valor acordado para cada cargo. Agora, o Sindicato está na expectativa para que a promessa seja cumprida.IPERN 01