Estado

Governo do Estado promete liberar recursos para hospitais e Secretário de Saúde fica no cargo

O secretário estadual da Saúde, George Antunes, decidiu permanecer no cargo, após o Governo do Estado prometer o repasse de R$ 40 milhões aos hospitais da rede estadual. Uma das crises enfrentadas pelo gestor era essa.

Na manhã desta segunda-feira, 27, George Antunes reuniu os gestores dos principais hospitais da região metropolitana de Natal para discutir as questões orçamentárias das unidades.

A secretária adjunta da Saúde, Hélida Bezerra, lembrou que será retomado o Fórum dos Diretores de Hospitais, para que sejam discutidas questões comuns que afetam as unidades e alcançadas soluções que atendam a todos.

DSC_6652

Estado

RN tem 18 homicídios no FDS e chega a 565 até o domingo, aponta Observatório

O OBVIO – Observatório da Violência Letal Intencional do RN, apresenta uma nova atualização de CVLIs, no período compreendido entre 1 de janeiro a 26 de março de 2017 comparado ao mesmo período dos anos de 2015 e 2016.

O RN contabiliza mais um fim de semana violento. No cômputo geral, até o fim da noite de ontem (26/03/2017) foram 565 CVLIs no RN. Os dados apontam para um aumento de 26,97% em relação a 2016. Os dados absolutos demonstram 120 mortes violentas a mais que no ano passado no mesmo período. Em 2016, até o mesmo período, foram 445 CVLIs, contra 390 em 2015.

Nos locais onde ocorreram os CVLIS neste último final de semana, tivemos: 16 em vias públicas (89%);  1 em bares e festas e 1 hospitais e prontos socorros (5% cada).

z

Estado

SBT mostra o caos de Alcaçuz em rede nacional: “A guerra apenas começou”, diz líder de facção

No conexão repórter de ontem (26), o repórter investigativo do SBT nacional, Roberto Cabrini, mostrou o caos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde passou uma noite em uma cela do temido pavilhão quatro da Penitenciária.

Para desvendar os segredos do presídio onde ocorreu o massacre que matou 26 presos, ele se torna o primeiro jornalista a ter acesso ao interior da unidade, que ficou conhecida como inferno em forma de grades, muros e torres.

Em uma investigação de uma semana, Cabrini fez importantes revelações dos bastidores da guerra entre facções. O jornalista percorreu corredores sombrios, encontrou os túneis cavados, esconderijos onde se ocultavam armas de fogo e valas onde ficavam homens executados. As facções se enfrentam também pela disputa do tráfico de drogas fora do presídio.

O Secretário de Justiça, Valber Virgulino, chegou a admitir que presos foram enterrados sem suas cabeças, até hoje não encontradas.

“A guerra apenas começou”, afirmou um preso entrevistado por Cabrini, que é líder de uma das facções criminosas.

Foto: SBT

Estado

Hospital Regional de Assu em caos total

Uma mãe que tinha parto marcado no Hospital Regional de Assu denunciou em seu perfil do facebook o caos que se encontra a unidade hospitalar, sob a direção de Maricia Morais Gurjão, indicada pelo ex-prefeito Ivan Júnior, atual Secretário Estadual de Recursos Hídricos.

z

Estado

Sindicato denuncia que Governo do Estado descumpre acordo com servidores da Saúde

Os repasses insuficientes para a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) têm provocado descontentamento por parte dos servidores. O Sindsaúde cobra pontos descumpridos pelo governo, assumidos em acordo intermediado pela Justiça durante a última greve. O acordo foi assinado no dia 27 de julho no Tribunal de Justiça, mas até o momento, quase todos os compromissos seguem pendentes. Em fevereiro, o Sindsaúde entrou com um pedido na Justiça para que seja aplicada a multa prevista no documento, no valor de R$ 50 mil.

Entre os pontos descumpridos está o concurso público. No acordo, o governo teria que ter selecionado a empresa responsável até dezembro de 2016 e o edital seria publicado até o final de março. Nesta quarta-feira (22), em reunião do Conselho Estadual de Saúde, a Sesap apresentou um relatório, que estima o déficit em mais de 2 mil servidores. O último concurso foi em 2010.

Outro ponto descumprido é o pagamento de progressões vencidas em 2015, de parte dos servidores. Pelo acordo, estes valores – que correspondem a 3% do salário – teriam que ter sido implantados até novembro de 2016.

O Sindsaúde tem cobrado o acordo em audiências com a Secretaria Estadual de Saúde e realizou uma assembleia geral no dia 15 de março, para iniciar a campanha salarial.  Uma nova assembleia está marcada para o dia 12 de abril.

Estado

Governador Robinson Faria reconhece caos da Segurança do RN

O Governador Robinson Faria (PSD), que prometeu priorizar a Segurança Pública em sua gestão, reconhece o caos do setor, aliás, considerado hoje o maior problema do Rio Grande do Norte, seguido da Saúde Pública.

Em uma postagem no Instagram, Robinson diz: “Reuni a equipe de Segurança Pública e determinei policiamento ostensivo nas ruas na proteção do cidadão, tolerância zero e liberdade para a polícia agir”.

Nos últimos dias os casos de assaltos, assassinatos e roubos estão maiores.

E a sensação de INsegurança também é cada vez maior. O Governador utiliza uma rede social para transmitir a sensação de segurança.

z

Estado

Hospital Walfredo Gurgel ganha ONG para suprir abandono do Governo do Estado

Falta de leitos e de medicamentos, corredores lotados, sofrimento. Quem acompanha as notícias sobre a saúde pública do Rio Grande do Norte sabe que esse é o retrato do Hospital Walfredo Gurgel, maior pronto-socorro de urgência e emergência do Estado. Quem pensa que o desespero dos pacientes só aflige suas famílias, se engana. Tentando mudar essa realidade, um grupo de profissionais liberais e estudantes se uniu e criou a Associação dos Amigos do Hospital Walfredo Gurgel.

Com o objetivo de promover a saúde através da captação de recursos financeiros, materiais e humanos para viabilizar melhores condições gerais do hospital, a organização não governamental Amigos do Walfredo Gurgel é pessoa jurídica de direito privado, sem fins econômicos, que pretende ajudar a diminuir a dor de muita gente.

Com estatuto registrado, CNPJ e diretoria eleita, os Amigos do Walfredo Gurgel já começaram a trabalhar. No próximo dia 31, eles realizam sua primeira ação para captar recursos. Será a Festa Baile Beneficente na AABB. O evento terá sistema Open Bar e a animação da orquestra Metaformose. Mesas e senhas à venda na AABB, Livraria Câmara Cascudo e Clínica Revivare.

Logomarca AHWG

Estado

Governo do Estado não repassa pagamentos aos pipeiros da Operação Vertente

Responsável por levar água potável em caminhões-pipa para cidades do Rio Grande do Norte em colapso devido à seca, a Operação Vertente não tem a atenção que merece por parte do Governo do Estado, mesmo tendo recebido recursos do Ministério da Integração Nacional.

Os pipeiros desde dezembro do ano passado que estão sem receber pagamento, mas continuam efetuando o trabalho de levar água para quem precisa.

Atualmente, uma média de 150 mil pessoas são atendidas pela Operação Vertente em 13 cidades do Seridó e do Alto Oeste Potiguar.

z

Estado

Ministro garante que água da transposição chegará ao RN até dezembro

O ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, garantiu na noite desta terça-feira (21) aos senadores Garibaldi Filho, José Agripino, José Maranhão, Cássio Cunha Lima, Raimundo Lyra e José Pimentel que o cronograma da complementação das obras da transposição do Rio São Francisco continua mantido. Se a previsão for cumprida, as águas devem chegar ao Rio Grande do Norte até o final deste ano.

Os senadores do Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará estiveram com o ministro para externar a preocupação de que pudesse haver um atraso na realização dos serviços, já que houve a necessidade de substituir a Mendes Júnior, após a empresa declarar que não tinha condições de continuar tocando a obra. Na semana passada, o Ministério da Integração anunciou o vencedor da nova licitação, o Consórcio Emsa – Siton, habilitado para concluir os serviços restantes.

Estado

Tribunal de Contas determina suspensão de contrato relativo a obras na avenida Engenheiro Roberto Freire

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou, nesta terça-feira (21), a suspensão cautelar do contrato firmado pelo Governo do Estado com a Galvão Engenharia S/A para obras de reestruturação na avenida Engenheiro Roberto Freire.

A decisão, fruto de voto do conselheiro em substituição, Antonio Ed Souza Santana, acatado pelos demais conselheiros, tem como base relatório produzido pela Inspetoria de Controle Externo da Corte de Contas, que detectou indícios de irregularidades nos procedimentos licitatórios realizados para a contratação da obra.

Segundo os termos do voto, os indícios de irregularidades detectados dizem respeito à não realização do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA); não apresentação de orçamentos detalhados com os quantitativos, composições unitárias e preços de referências; além de a empresa contratada estar em processo de recuperação judicial, o que pode acarretar uma rescisão contratual por justa causa.

Além disso, a equipe da Inspetoria de Controle Externo aponta uma possível violação ao princípio da competitividade, tendo em vista que previa-se, no anteprojeto, um nível de complexidade posteriormente simplificado pela empresa ganhadora do certame. Caso a licitação tivesse sido realizada com o projeto mais simples, poderia haver maior interesse de outros competidores, potencialmente afastados da licitação pela complexidade da obra.

A contratação da empresa Thenge Engenharia LTDA, por R$ 1,4 milhão, traz, por sua vez, indícios de desperdício de recursos públicos. A Thenge foi contratada para produzir um projeto básico e executivo, contudo o Executivo Estadual concluiu pela falta de viabilidade do projeto apresentado, licitando novamente a elaboração dos estudos, de forma integrada com a execução da obra. Com a vitória da Galvão Engenharia, um novo projeto foi elaborado e o anterior ficou sem utilização.

Além da suspensão, o TCE determinou que a Secretaria de Infraestrutura envie, num prazo de 10 dias, quaisquer ordens bancárias relativas à Galvão Engenharia e o estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA), caso tenha sido realizado. Há multa diária de R$ 500, em caso de descumprimento da decisão.

Estado

Laudo técnico garante que pista do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante não oferece risco

Um laudo técnico assinado pelo Gerente de Segurança Operacional da Inframérica, Fernando Augusto Maschio de Siqueira, garante que “a operação na pista de pouso e decolagem do Aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, encontra-se em níveis aceitáveis de Segurança Operacional”.

A avaliação se deu após detectarem uma patologia na pista: “Está evidenciado o alto nível de Segurança Operacional da pista de pouso e decolagem, o que garante uma operação dentro dos melhores padrões”.

z

z

Estado

Assembleia Legislativa promove reunião para discutir chegada da transposição ao RN

A reunião que a Assembleia Legislativa promove amanhã (22), às 15h a fim de discutir a retomadas das obras do São Francisco no Eixo Norte, já conta com confirmação dos representantes de várias federações da agricultura, comércio, setor produtivo e da igreja, no RN.

O assunto constantemente tem sido pauta na Assembleia, que em 2015 realizou o debate RN pela Transposição. Presidente da Assembleia, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) afirmou que a luta pela transposição é uma luta da Casa legislativa.

“Estamos nesta luta para que as obras do Eixo Norte sejam licitadas para beneficiar o Rio Grande do Norte, pois são apenas pouco mais de 6 Km de obras que precisam ser licitadas. É preciso urgência porque tivemos uma seca prolongada”, afirmou Ezequiel.

As águas do São Francisco devem chegar ao RN através da construção de um canal de 6,5 quilômetros de extensão, entre o reservatório Caiçaras até o engenheiro Ávidos, ambos na Paraíba e o pleito é que esta obra seja adiantada.

A água entrará em território potiguar através do Rio Piranhas-Açu e seguirá o curso natural do afluente por dois pontos.

z

Estado

RN tem o IPVA mais caro do Nordeste

Os contribuintes estão assustados e reclamando com o aumento de IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) no Rio Grande do Norte. O reajuste da alíquota foi de 0,5%, passando de 2,5% para 3%, no tocante a automóveis, caminhonetes, micro-ônibus e embarcações recreativas.

A decisão para o aumento do imposto foi do Governo do Estado e começou a ser pago no último dia 09 de março, podendo ser parcelado em 5 vezes e quem optar pela cota única tem desconto de 5% se pagar dentro do prazo estabelecido.

O Rio Grande do Norte passa a ter o IPVA mais caro do Nordeste. Começando a comparação com os nossos vizinhos Paraíba e Ceará que estão com a alíquota do IPVA de 2,5%.

Estado

Tentativa de assalto com refém na Cidade Alta termina com bandidos se entregando à polícia

Manhã tumultuada na Cidade Alta, onde dois bandidos invadiram um estabelecimento comercial na Avenida Ulysses Caldas, na tentativa de realizar um assalto, quando policiais chegaram ao local e impediram a realização do crime.

Um deles fez uma mulher de refém e exigiu a presença da imprensa. Outro logo se entregou após negociação com a polícia.

O bandido que fez a refém ainda fez exigências à polícia para garantir a sua integridade física, após liberar a mulher.

A população aplaudiu o trabalho da polícia.

Estado

Governo do Estado coloca presos de facções rivais em um mesmo pavilhão de Alcaçuz e garante ordem no local

A semana começa com uma operação dirigida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde presos de facções rivais ficarão juntos por 30 dias no mesmo pavilhão.

“A ação de hoje é uma continuação do trabalho que já se iniciou em janeiro, com a retomada do Pavilhão 5 (presídio Rogério Coutinho Madruga) pelas Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), sob coordenação e apoio do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN). Os presos ficarão temporariamente no Pavilhão 5. Essa medida já estava prevista desde o início da retomada, para que as ações de manutenção predial sejam realizadas com maior agilidade. E logo que os pavilhões 1, 2 e 3 estejam em condições adequadas, os mesmos voltarão aos pavilhões de origem”, diz o Governo do Estado por meio de nota à imprensa.

A Coordenadoria de Administração Penitenciária discorda da decisão do próprio Estado e alerta que não é viável colocar duas facções rivais juntas, somando um total de mais de 1.200 presos.

Foto: Magnus Nascimento

Foto: Magnus Nascimento