O candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, recebeu nesta segunda-feira (28) o apoio de quatro prefeitos e lideranças de 17 municípios do Rio Grande do Norte, entre vereadores, ex-vereadores e lideranças políticas. Os apoios refletem o movimento crescente de união em torno da candidatura de Henrique.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta (PROS), candidato a reeleição como deputado estadual e o vereador Rafael Motta (PROS), candidato a deputado federal, tiveram um papel importante para que a candidatura de Henrique conquistasse esses apoios. A candidata ao Senado, Wilma de Faria (PSB), também participou do encontro.

A reunião com as várias lideranças aconteceu na Casa 15, o comitê da campanha de Henrique, localizada no bairro de Lagoa Nova. Estiveram presentes representantes dos seguintes municípios: Lucrécia, Mossoró, Antonio Martins, Montanhas, Serra Caiada, Pedra Preta, Alto do Rodrigues, São Gonçalo do Amarante, Serra Negra, Canguaretama, São Pedro, São José do Campestre, Rafael Godeiro, Passa e Fica, Nova Cruz, Lagoa de Pedras e Caiçara do Norte.

Os prefeitos de São Pedro (Robenice), São José do Campestre (Sione), Pedra Preta (Luiz de Haroldo) e Caiçara do Norte (Lila) anunciaram o apoio aos nomes de Henrique Alves ao Governo do Estado e Wilma de Faria ao Senado Federal. No último domingo (27), outros seis prefeitos se juntaram aos mais de 100 que hoje estão com a candidatura de Henrique.

Durante o encontro com lideranças na Casa 15, Henrique Alves recebeu a visita de vários vereadores, de muitos municípios do Estado. Entre eles, o grupo de Edson Soares (DEM), uma das principais lideranças de Lucrécia, cidade do Alto Oeste potiguar, que conta com as vereadoras Eda e Edilma Soares, ambas do Partido Democratas. O grupo também decidiu por Henrique Alves por considerar o melhor nome e que a melhor opção para o Estado é o fim do radicalismo.

20140728-192320-69800274.jpg 20140728-192329-69809101.jpg 20140728-192339-69819816.jpg

Os comentários estão fechados.