Só falo daquilo que verifico in loco, podem acreditar. E, hoje vamos falar do novo calçadão da Av. Praia de Ponta Negra, que veio pra somar e dar um “up” à avenida, aos restôs e ao bairro.

Bola Dentro: o calçadão em si, a ideia, que como dito acima, veio pra somar, agregar…

Bola Fora: o calçadão tomou muito espaço da rua larga, com áreas não aproveitadas, que poderia ter sido mais estreito para ter proporcionado um melhor no fluxo de carros. Mas, o detalhe especial que quero abordar hoje é sobre o “paisagismo”, que até hoje se resume ao mato natural. Como é uma “via pública turística”, não tenho dúvidas que o paisagismo daria uma valorizada que impressionaria de longe. Está faltando, como também, junto com o paisagismo, bancos públicos espalhados, com lixeiras, por toda extensão. São detalhes simples que dão um toque de civilização e cidadania.

Calçadão da Av. Praia de Ponta Negra está sem paisagismo, sem bancos e lixeiras públicas

Calçadão da Av. Praia de Ponta Negra está sem paisagismo, sem bancos e lixeiras públicas

439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Comentários do Site

  1. Jian Alves
    Responder

    Nossa, como os “técnicos de Natal” conseguem ser tão ignorantes, e ainda piorar as coisas?? Que vergonha, gente! Acabaram com a Avenida larga, que tinha eventos, etc?? Que bomba, é essa?? Que ação de mal gosto!! Acabaram com a Avenida!!

  2. observanatal
    Responder

    Só por curiosidade: O projeto está pronto? Foi entregue?

    Imagino que a ideia de calçadão largo é para que os pedestres possam circular sem a preocupação de serem atropelados. O que também é bom para os restaurantes, que podem ter mesas ao ar livre.

    • Bebeto Torres
      Responder

      Ok Obsernatal, mas como frequentador semanal, não vejo mais nada, sem indicativos que irão ser feitas outras bem-feitorias.
      Foi um registro e opinião de um cidadão, não de patrulhador, longe disso.
      Obrigado, abraço,
      Bebeto

      • observanatal
        Responder

        Longe de mim dizer que o colunista é patrulhador, mas ampliar a discussão. Acompanho seu espaço. Todo cidadão tem o direito de expor sua opinião, sua argumentação, assim como o contraditório. É da democracia.

        • Bebeto Torres
          Responder

          Perfeito Observanatal!!
          Só gratidão pelas suas valiosas contribuições, opiniões, interações, participações. Gosto e sempre aprendo, de verdade.
          Você é bacana, quero um dia conhecê-lo(a).
          Abraço, bom sábado,
          Bebeto Torres

  3. Bruno
    Responder

    O projeto ainda não foi entregue, por falar nisso você conhece o projeto? Outra coisa, a prioridade em uma cidade civilizada são pessoas e não “fluxo de carros”. Não sei se é jornalista mas deveria apurar as coisas antes de publicar algo.

    • Bebeto Torres
      Responder

      Você é autor do Projeto Bruno? Pois fala com propriedade. Se sim e quiser apresentá-lo, tranquilo.
      Outra coisa, como cidadão e frequentador do local, posso opinar como desejar, ainda mais num espaço que tenho total liberdade de escrever.
      E, cidade civilizada se mede sim pela mobilidade urbana, é um dos componentes.
      Passe bem!

Deixe uma resposta para Bebeto Torres Cancelar resposta