Foi preciso o ministro Garibaldi Filho (PMDB) e a prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), intervir juntos no voto do senador Paulo Davim (PV), sobre o novo salário mínimo, que foi aprovado ontem (23), pelo Senado.

Davim declarou por diversas vezes à imprensa, que era favorável ao mínimo de R$ 560,00.

Mas…no final…depois de muitos pedidos…votou pelos R$ 545,00.

Quero deixar bem claro que não tenho nada contra o senador Paulo Davim (respondendo a vários comentários que chegaram ao blog), muito pelo contrário, tenho admiração ao político Paulo Davim.

Sua atuação como deputado estadual, até ano passado, merece o respeito de todos os norte-riograndendes, e sem dúvidas, fará um bom trabalho no Senado.

Que fique bem claro.