A Folha de São Paulo divulgou nesta quinta-feira (21), informação obtida com exclusividade dando conta de que o senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM, trocou mensagens com o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, pedindo doações eleitores para seu partido.

As mensagens foram obtidas pela Polícia Federal, envolvendo também o deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o deputado federal Jutahy Júnior (PSDB-BA).

Em 31 de julho de 2012, Agripino encaminhou a seguinte mensagem para Léo Pinheiro: “Com quem o Romero, tesoureiro do partido, deve se contactar para transmitir os dados do DEM nacional? Grato por tudo”.

Depois, um funcionário da OAS também envia uma comunicação a Léo Pinheiro, que aparenta ser uma resposta ao pedido do DEM: “Dr. Léo. Já falei com o Romero e combinamos dia 10/8 – 250 e 10/9 – 250”.

OBS: O Diretório nacional do DEM declarou à Justiça Eleitoral, em 2012, ter recebido duas doações da OAS, no valor total de R$ 500 mil, nos dias 10 de agosto e 10 de setembro.