Ao repercutir reportagem da Veja, Kelps afirma que vai convocar ex-secretário do Consórcio Nordeste para depor em CPI do RN

A reportagem da Revista Veja que fala sobre a compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste, do qual faz parte o RN, ganha repercussão.

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) afirmou no Twitter que vai convocar o ex-secretário Carlos Gabas.

1 – Recomendo a leitura da @VEJA deste final de semana, para quem tem dúvida da importância da CPI da COVID no RN. 5 milhões de Reais ROUBADOS do povo do Rio Grande do Norte dentro de uma compra feita pelo Consórcio Nordeste.

2 – Quem diz que a CPI da COVID no RN é politiqueira, não respeita as pessoas que morreram pelo Coronavírus em nosso Estado. Isso precisa ser investigado e os culpados punidos energicamente.

3 – O Consórcio Nordeste – que foi alvo da chamada Operação Ragnarok, da Polícia Civil da Bahia – comprou respiradores por mais de 48 milhões de reais do dinheiro povo Nordestino, sendo 5 milhões do RN, pagos antecipadamente, e os equipamentos nunca foram entregues.

4 – Eu, @AllysonBezerra_ e @depCristiane conseguimos uma liminar na Justiça ano passado proibindo que o Governo do Estado enviasse mais dinheiro para este Consórcio Nordeste, que deixou roubarem o dinheiro do povo potiguar.

5 – Infelizmente esta semana esta liminar foi derrubada, para que o Governo faça outra compra suspeita, de vancinas Sputinik. Iremos recorrer. Não confiamos no Consórcio Nordeste, gerido pelo Governador da Bahia, que está sendo investigado no STJ por este desvio de recursos.

6 – Colocar um partido político acima dos interesses do seu Estado e da população já seria vergonhoso em qualquer situação. Milhares de pessoas estão morrendo. É inaceitável. No RN, o Governo só está calado por o Governador da Bahia, responsável pela compra, ser do PT.

7 – Nosso 1º ofício de convocação na CPI da COVID do RN será para o ex-secretário do Consórcio Nordeste, Carlos Eduardo Gabas, ex-ministro de Dilma, que comprou por 48 milhões de reais, sendo 5 do RN, respiradores que nunca chegaram aqui e vários potiguares morreram por isso.

8 – Carlos Gabas conseguiu politicamente escapar da CPI do Senado, mas na do RN ela terá de vir, nem que seja escoltado.