Política

Álvaro Dias participa da primeira noite de Carnatal como folião do Bloco Burro Elétrico

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, prestigiou a abertura da edição 2018 do Carnaval. Nesta quinta-feira (13), acompanhado da primeira-dama, Amanda Dias, o chefe do executivo municipal foi um dos foliões mais animados do bloco “Burro Elétrico”. Antes de cair na avenida, ele ainda acompanhou as passagens do Bloco do GD, puxado pelo cantor Gabriel Diniz e do Vumbora que tem à frente o cantor Bell.

Álvaro Dias elogiou o evento e destacou a importância do carnatal para a cidade. “Essa é uma festa que está no coração de todos os natalenses. Ao longo de todos esses anos, o carnatal se consolidou e há algum tempo é reconhecido como o maior carnaval fora de época do país. Isso não é a toa. São anos de organização, profissionalismo e muito trabalho”.

O prefeito comentou ainda sobre o momento de efervescência cultural vivido pela cidade nesta época do ano. “Estamos vivenciando o Natal em Natal, uma época em que a nossa cidade se enche ainda mais de brilho. A Prefeitura vem realizando e apoiando diversos eventos pela cidade, abrindo espaço para as mais diversas manifestações artísticas e culturais com destaque para o festival de música. Teremos shows de Cláudia Leitte, Fágner, Alexandre Pires, Dorgival Dantas, Waldonys, Banda Grafith e muitos outros. É a nossa gestão investindo em cultura para gerar emprego e renda para a população”.

No percurso do Burro Elétrico, Álvaro se encontrou com o deputado eleito Ubaldo Fernandes e o vereador Preto Aquino.

Política

Fátima visita os empresários Flávio e Nevaldo Rocha

A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) fez uma visita nesta quinta-feira (13) aos empresários Flávio e Nevaldo Rocha.

Estava acompanhada do vice Antenor Roberto, do suplente de senador Jean-Paul Prates e do diretor do SEBRAE, João Hélio.

Em seu Twitter, postou: “Meu governo será pautado pelo diálogo com todos os setores do Rio Grande do Norte. Empresários, trabalhadores, sociedade civil”.

Pelo grupo Riachuelo e Guararapes, além de Seu Nevaldo e do filho Flávio estavam Anna Rocha Apolinário, mulher de Flávio e Paulo Galindo.

Política

PGR denuncia Agripino; Senador diz que acusação não é verdadeira

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra o senador José Agripino Maia ( DEM/RN) e outras duas pessoas por associação criminosa e peculato. O parlamentar é acusado de nomear e manter durante sete anos um funcionário fantasma ligado ao seu gabinete.

Cota denúncia – Além da denúncia, Raquel Dodge enviou ao STF pedido para que seja instaurado novo inquérito para apurar outras práticas criminosas atribuídas aos investigados.

Também é mencionada a necessidade de aprofundamento investigativo em relação à prestação de contas junto ao Senado Federal, feita pelo escritório de apoio do senador em Natal (RN), sua base eleitoral. A PGR cita relatório da Polícia Judiciária, que enumera inconsistências em documentos de comprovação de despesas.

A PGR solicitou ainda o envio de cópia dos autos para a primeira instância da Justiça Federal e Estadual do Rio Grande do Norte para que sejam apuradas práticas criminosas cuja competência não cabe ao Supremo Tribunal Federal.

Outro lado

O senador José Agripino emitiu nota:

“A acusação que me fazem não é verdadeira. Nunca tive nos quatro mandatos de Senador que exerci nenhum funcionário fantasma no meu gabinete. Asseguro que isso ficará demonstrado na resposta que oferecerei à denuncia”.

Política

MP apresenta ação eleitoral contra dois deputados e prefeito

O Ministério Público Eleitoral (MPE) no Rio Grande do Norte ajuizou, nesta quinta-feira (13), uma ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) contra Ezequiel Ferreira de Souza (atual presidente da Assembleia Legislativa), Rogério Marinho (deputado federal), Deusdete Gomes de Barros e Nataly da Cunha Felipe de Souza, que são prefeito e secretária de Saúde de Angicos, respectivamente.

Segundo o MP Eleitoral, Ezequiel, Deusdete e Nataly fizeram uso promocional da destinação de uma ambulância ao referido município para beneficiar as candidaturas do primeiro e de Rogério Marinho a deputado estadual e federal, respectivamente, no pleito de 2018.

Política

Fábio Faria leva Bolsonaro para comemorar aniversário de Silvio Santos

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) foi a São Paulo nesta quinta-feira (13), para uma consulta médica no Hospital Albert Einstein.

Em seguida, extra-agenda, participou de um almoço para comemorar Silvio Santos, aniversariante da última quarta-feira (12)

O encontro foi articulado pelo deputado federal Fábio Faria (PSD), genro do dono do SBT.

Fábio Faria e Patrícia Abravanel recepcionando Bolsonaro e a primeira-dama Michele.

Política

Assembleia Legislativa entrega medalhas a 22 personalidades

A Assembleia Legislativa realizou Sessão Solene de entrega das medalhas do Mérito Legislativo, Mérito Social Maria do Céu Fernandes, Mérito Cultural Câmara Cascudo e Mérito Educacional Noilde Ramalho, as maiores honrarias da Casa, concedidas a 22 personalidades na manhã desta quinta-feira (13).

Uma das homenageadas foi a governadora eleita Fátima Bezerra (PT), recebeu a Medalha do Mérito Social, um reconhecimento às mulheres que tem dedicação à causa social. Tem o nome de Maria do Céu Fernandes, a primeira deputada do Brasil, que se destacou pela responsabilidade no trato com a coisa pública. A governadora eleita também foi homenageada com a Medalha do Mérito Educacional Noilde Ramalho, pela sua dedicação à causa da Educação.

O desembargador e presidente eleito do Tribunal de Justiça, João Rebouças, que recebeu a Medalha do Mérito Legislativo, afirmou que é um reconhecimento do Poder Legislativo ao trabalho que o Tribunal de Justiça presta à população do Estado: “Um verdadeiro reconhecimento pelo Tribunal em ser um prestador de serviço”, disse.

Atual presidente do Tribunal Regional Eleitoral, o desembargador Glauber Rêgo externou a importância da homenagem.

Homenageados de 2018:

MEDALHA DO MÉRITO SOCIAL
Fátima Bezerra

MEDALHA DO MÉRITO LEGISLATIVO
Antônio Jácome; Dom Heitor de Araújo Sales; Elias Fernandes; Glauber Rêgo; Glaucio Pinto Garcia; Jean-Paul Prates; João Rebouças; Márcia Holanda Vidal; Rondinelli Silva Oliveira; Terezinha de Oliveira Lima.

MEDALHA DO MÉRITO CULTURAL “CÂMARA CASCUDO”
Ana Maria Barbalho Teixeira; Cinthia Lopes; Getúlio Moura Xavier; Giannini Alencar; Iaperi Soares de Araújo; Marcos Antônio Leonardo de Paula; Valério Mesquita.

MEDALHA DO MÉRITO EDUCACIONAL “NOILDE RAMALHO”
Ana Flávia Andrade de Azevedo Oliveira; Fátima Bezerra; Gilton Sampaio de Souza; José Daniel Diniz Melo; Laércio Segundo de Oliveira; Maria Tereza de Oliveira.

Revista
A manhã de homenagens foi a ocasião escolhida para o lançamento da revista anual do Poder Legislativo estadual. A publicação traz um balanço das atividades parlamentares em 2018 e dos fatos que marcaram a 61ª Legislatura. Na capa, o destaque para a campanha institucional “Autismo: entenda o ritmo de cada um”, lançada no início do mês de novembro e que chama a atenção para a necessidade de intervenção precoce.

Foto: Eduardo Maia

Política

Pesquisa CNI/Ibope: para 75% dos brasileiros, Bolsonaro está no caminho certo

Da Agência Brasil

Pesquisa CNI-Ibope divulgada hoje (13) mostra que 75% dos brasileiros – três em cada quatro – acreditam que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e sua equipe estão no caminho certo em relação às decisões tomadas até o momento. De acordo com o estudo, 14% acham que Bolsonaro está no caminho errado e 11% não sabem ou não responderam à pergunta.

Os números mostram que, quanto maior a renda familiar, maior o percentual dos que acreditam que o presidente eleito está no caminho certo. O índice é de 70% entre aqueles com renda familiar de até um salário mínimo e chega a 82% entre os que têm renda familiar superior a cinco salários mínimos.

Entre os brasileiros ouvidos, 64% têm expectativa de que o governo Bolsonaro será ótimo ou bom.

Prioridades

Para 41% e 40% dos entrevistados, respectivamente, melhorar os serviços de saúde e promover geração de empregos devem ser as prioridades do governo para 2019. Em seguida, aparecem combater a corrupção e combater a violência e a criminalidade, ambos com 36%, e melhorar a qualidade da educação, apontada por 33%.

Melhorias

O levantamento mostra que dois em cada três brasileiros acreditam que a situação econômica do país vai melhorar em 2019, enquanto parcela similar espera que a própria vida vai melhorar ou melhorar muito no próximo ano.

Cerca de quatro em cada dez brasileiros (43%) acreditam que a segurança pública está entre os principais problemas que vão melhorar no primeiro ano de governo do presidente eleito. Em seguida, aparecem a corrupção (37%) e o desemprego (36%).

Equipe de governo

A pesquisa mostra que a maioria dos brasileiros ouvidos aprova as indicações para compor a equipe de Bolsonaro, bem como as medidas que vêm sendo anunciadas pela equipe.

Entre os entrevistados, 80% se dizem pelo menos um pouco informados sobre as indicações do presidente eleito para os cargos de primeiro escalão do governo – ministros e colaboradores da equipe de transição. Desses, 55% consideram as indicações adequadas ou muito adequadas.

Pouco mais de oito em cada dez se dizem informados, em alguma profundidade, sobre as propostas já anunciadas pelo presidente eleito. Entre eles, 75% afirmam aprovar de forma geral as propostas. O percentual de aprovação cresce de acordo com o grau de informação que o entrevistado diz ter sobre o novo governo.

A pesquisa foi feita entre 29 de novembro e 2 de dezembro e ouviu 2 mil eleitores de 127 municípios. A margem de erro máxima estimada é de 2 pontos percentuais, e o nível de confiança é de 95%.

Política

Fátima se despede do Senado

Eleita para governar o Rio Grande do Norte a partir de 01 de janeiro de 2019, a senadora Fátima Bezerra (PT) se despediu ontem (12) do Senado Federal.

A senadora lembrou sua luta contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff; contra a proposta de emenda constitucional que congelou por vinte anos os investimentos públicos; a reforma do ensino médio; e contra as reformas trabalhista e previdenciária.

A senadora lembrou também de seu projeto, transformado em lei, que instituiu a Política Nacional de Leitura e Escrita.

No pronunciamento, Fátima disse que sua vida de educadora foi fundamental para que, em sua carreira política, defendesse a educação e relatasse, favoravelmente, proposições como a proposta de emenda à Constituição que torna permanente o Fundeb, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais de Educação.

FB

Waldemir Barreto/Agência Senado

Política

PF cumpre mandado de busca em investigação de ameaça a Bolsonaro

A Polícia Federal cumpre na manhã de hoje (13), no Rio de Janeiro, um mandado de busca e apreensão expedido pela 7ª Vara Federal Criminal do estado, com o objetivo de identificar o autor de postagens com ameaças de morte do então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro.

A ação ocorre no bairro Maracanã, na zona norte da cidade. O investigado, segundo nota da Polícia Federal, é um homem de 23 anos, cuja identidade não foi revelada.

Segundo as informações da PF, ele insultou ainda o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão.

A diligência da Polícia Federal tem como objetivo também identificar outras pessoas que “eventualmente estejam envolvidas na prática delituosa, bem como materializar outras condutas criminosas do investigado”.

A pena do crime citado prevista na Lei de Segurança Nacional é de reclusão, de 1 a 4 anos.

Da Agência Brasil

Política

Em Jucurutu, Robinson anuncia obras para Fátima executar

O governador Robinson Faria anunciou na tarde desta quarta-feira, 12, em Jucurutu, a 290 quilômetros de Natal, que o município está contemplado com investimentos para a implantação do anel viário, pavimentação da estrada de acesso à Serra de João do Vale e para construção da Central do Cidadão, obras que serão executadas pelo Governo de Fátima Bezerra.

“O nosso governo cumpriu todas as metas do empréstimo ao Banco Mundial e por isso ele terá continuidade na próxima gestão”, afirmou o Governador ao lado do deputado Nelter Queiroz.

Robinson ressaltou a importância das três obras para aquela cidade e municípios vizinhos. “São investimentos importantes, que irão melhorar a mobilidade no município e na região. A estrada para a Serra de João do Vale vai permitir o crescimento do turismo e incentivar a produção agrícola. A Central do Cidadão vai levar serviços essenciais à população com agilidade, conforto e próximo ao local de moradia”, considerou.

Agora é aguardar o Governo Fátima executar as obras.

12.12.18 - Investimentos Jucurutu - Rayane Mainara

Política

Fátima participa de reunião de governadores eleitos com Sérgio Moro

Na reunião dos governadores eleitos, que ocorreu , nesta quarta-feira, na sede do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil , em Brasília, a governadora eleita pelo Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, destacou a importância da implementação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) e da valorização dos profissionais da área.

Fátima defendeu que os recursos federais para a segurança pública não sejam contingenciados.

Fátima ressaltou ainda os índices de criminalidade e violência que assola o estado do Rio Grande do Norte. “Vamos implementar um conjunto de ações para reduzir os índices de criminalidade e violência no estado, como valorização dos policiais, investimentos em inteligência, reestruturação do sistema prisional e políticas de prevenção com foco na educação integral”, garantiu Fátima.

Política

Rogério Marinho confirma que aceitou convite para integrar o Governo Bolsonaro

O deputado federal confirma o convite para integrar a equipe de Paulo Guedes no Ministério da Economia, e diz que aceitou ser o Secretário da Previdência Social:

“Aceitei convite feito pelo Ministro Paulo Guedes para participar do Governo Bolsonaro e ajudar no desafio da Previdência Social. Vamos agora aprofundar o trabalho já feito por uma competente equipe de técnicos que estão debruçados sobre o tema há algum tempo. Chegamos para trabalhar em equipe e aprovar uma reforma ainda no primeiro semestre de 2019, capaz de contribuir para o equilíbrio fiscal do país, um projeto que permita ao Brasil voltar a crescer e se desenvolver, conforme as propostas de campanha do presidente Jair Bolsonaro. Vamos trabalhar sempre a favor do povo brasileiro e contra os privilégios.”

Rogério Marinho
Deputado Federal

Política

Fátima anuncia Virgínia Ferreira para Administração

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra (PT), anunciou a economista Virgínia Ferreira para a Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos do seu governo.

Ela destacou que a experiência e reconhecida competência técnica da futura auxiliar serão importantes para que o governo atinja as metas de controle nos gastos públicos, modernização da gestão, contenção de despesas e de valorização dos servidores.

Virgínia Ferreira agradeceu a confiança da governadora eleita e assinalou que entre os desafios da Secretaria está o de assegurar um plano de ações dentro de uma perspectiva de economicidade, sustentabilidade e de deliberar a desburocratização dos serviços públicos. “Implementaremos uma política eficiente na gestão dos recursos humanos e materiais, como também patrimoniais e tecnológicos do estado. Precisamos trabalhar com inteligência, sagacidade e determinação para que o governo possa prestar um serviço público de qualidade, valorizar e qualificar permanentemente o servidor, aproximá-los da gestão, otimizar os gastos públicos e retomar a credibilidade do Governo do Estado”, disse Virgínia Ferreira.

Virgínia é a atual Secretária de Planejamento da Prefeitura de Natal, já tinha sido convidada a permanecer pelo prefeito Álvaro Dias (MDB) e também aceito. Mas decidiu integrar o Governo Fátima.

Política

Câmara Municipal de Natal vai exonerar comissionados no dia 18

No próximo dia 18 de dezembro, os 450 servidores comissionados da Câmara Municipal de Natal serão exonerados.

A medida do presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa (Avante), busca pagar dívidas antes de deixar a Presidência para o sucessor, vereador Paulinho Freire (PSDB).

Os comissionados que serão exonerados no dia 18, receberão 60% do salário do mês de dezembro e o 13º salário. Os efetivos e aposentados receberão os pagamentos integrais.

No início de 2019, devem ocorrer a nomeação de parte desses comissionados.

Raniere explicou aos vereadores que as receitas foram menores do que a previsão orçamentária, o que provocou as dívidas com fornecedores.

Política

Blog do G1 antecipa que Rogério Marinho será anunciado para o Governo Bolsonaro nesta terça (11)

Do Blog Andréia Sadi/G1

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, escolheu o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN) como secretário especial de Previdência Social. O anúncio deve acontecer nesta terça-feira (11).

Guedes acertou o nome de Marinho nesta segunda (10) com o presidente eleito Jair Bolsonaro.

Relator da nova lei trabalhista, proposta pelo governo Michel Temer e aprovada pelo Congresso Nacional, Marinho não se reelegeu em outubro.

Na opinião de Paulo Guedes, Marinho poderá articular no Congresso Nacional a votação da reforma da Previdência.

O futuro ministro defende urgência para a votação, e Bolsonaro já disse que espera a votação ainda no primeiro semestre de 2019.

Política

Para PGR e Ministro do STF, Agripino não sabia origem do dinheiro da campanha de Aécio

Do Jota Info

Ao autorizar a deflagração da Operação Ross, o ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, barrou pedido da Polícia Federal para que fosse decretado um novo recolhimento domiciliar do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e outras medidas cautelares diferentes da prisão também aos deputados Paulo Pereira da Silva, conhecido como Paulinho da Força (Solidariedade/SP), Cristiane Brasil (PTB-RJ) e Benito da Gama (PTB-RJ).

A ação apura a suposta compra de apoio político nas eleições de 2014, na qual Aécio Neves foi candidato do PSDB à Presidência. Os investigadores apontam que o tucano, eleito para mandato na Câmara a partir de 2019, teria recebido R$ 109 milhões em propina do grupo J&F.

De acordo com a PF, entre os anos de 2014 e 2017, as vantagens teriam sido solicitadas ao grupo empresarial e os valores eram recebidos através da simulação de serviços que não eram efetivamente prestados e para os quais eram emitidas notas fiscais frias. A contrapartida do senador seria a restituição de créditos fiscais de ICMS em benefício do grupo empresarial no valor de R$ 24 milhões – sendo R$ 12,6 milhões da JBS AS (Couros) e R$ 11,5 milhões da Da Granja Seara – empresas do Grupo J & F, no decorrer do ano de 2014.

Marco Aurélio concordou com a PGR e não identificou elementos para imposição de medidas cautelares. De acordo com o ministro, não cabe aos investigadores “partir-se da capacidade intuitiva”.

“Quanto à representação por aplicação de medidas cautelares da prisão, tem-se impropriedade. Relativamente ao investigado, Aécio Neves, não há dados concretos, individualizados, a demonstrarem a indispensabilidade das medidas pretendidas. O órgão acusador, ao manifestar-se, destacou que a situação de plena liberdade do investigado não representa risco à ordem pública. Descabe partir-se da capacidade intuitiva, olvidando-se que a presunção é de postura digna, ante o fato de o investigado estar submetido aos holofotes da Justiça”, escreveu o ministro.

E completou: “quanto ao recolhimento do passaporte, inexistem elementos objetivos acerca do risco de abandono do país, havendo elos com o Brasil”.

O ministro afirmou que “o quadro revelado pela autoridade policial, na medida em que ratificado, em parte, pelo Órgão acusador, demonstra a existência de indícios de relação ilícita entre o investigado Aécio Neves da Cunha e executivos do Grupo J&F, entre os anos de 2014 a 2017, caracterizada pelo alegado recebimento de quantias em dinheiro, pelo senador ou em seu favor, mediante mecanismos característicos de lavagem de capitais, via empresas e pessoas identificadas na investigação em curso. Há mais: ficaram demonstrados indicativos da atuação, do “parlamentar, nessa qualidade, como contrapartida aos benefícios”.

Em relação aos deputados, o ministro ressaltou que a cautelares se justificam excepcionalmente. “No tocante às medidas pessoais contra os deputados federais Cristiane Brasil, Benito da Gama e Paulo Pereira, o pleno, no julgamento da ação direta de inconstitucionalidade 55.26, concluiu estar a imposição de medidas cautelares previstas no artigo 319 do Código Penal, em relação a parlamentares, situadas no âmbito da excepcionalidade maior. Além de não haver no quadro a respaldar a fixação das medidas, no que não evidenciada a essencialidade, observem não serem os congressistas formalmente investigados no âmbito do inquérito 4519″.

De acordo com a PGR, analisando-se detidamente as provas já produzidas nesta investigação, entendo que a situação de liberdade dos investigados já não representa risco atual à ordem pública a reclamar a medida extrema da prisão preventiva. Também entendo que não há substância para medidas cautelares diversas da prisão”.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, sustenta que a “liberdade é a regra e sua restrição passa por uma fundamentação densa e concreta. Nessa linha, a representação, no ponto, carece de substância”.

Marco Aurélio ainda não analisou pedidos de medidas cautelares contra Andrea Neves e Frederico Pacheco por não terem foro privilegiado. “Paga-se um preço por viver em um Estado de Direito. É módico e está, por isso mesmo, ao alcance de todos, o respeito irrestrito às regras estabelecidas”.

O pedido da PF ao STF era mais amplo em relação ao alance da ação. O ministro Marco Aurélio seguiu o entendimento da PGR no caso, que requereu uma operação mais restitiva. Os alvos centrais são Aécio e o deputado Paulinho da Força, além de empresários. A PF também decidiu intimar deputados Cristiane Brasil, Benito da Gama e os senadores José Agripino (DEM-RN) e Antonio Anastasia (PSDB-MG) a prestarem esclarecimentos.

Ao todo, a PF apresentou 13 pedidos de buscas que não foram acolhidos pelo Ministério Público, como buscas envolvendo Anastasia, Agripino, ex-integrantes do primeiro escalão do governo de Minas, como Danilo de Castro e Pedro Meneguetti, além do Supermercados BH Comércio de Alimentos, entre outros.

Sobre a deputada Cristiane Brasil, a PGR apontou que “o episódio envolvendo o PTB precisa ser aprofundado antes do deferimento de qualquer medida. Houve repasses via “caixa I”. Sobre as demais entregas, também precisam ser mais instruídas, inclusive os depósitos supostamente via doleiros”.

O MPF também argumentou que “pelo que foi apurado, não há elementos mínimos que indiquem que Agripino Maia soubesse que o dinheiro advinha de
corrupção. No ponto, relembre-se que os recursos que recebeu foram por declaração oficial”.

Além de Aécio e Paulinho da Força, são alvos: Andrea Neves; Paulo Vascanconcelos do Rosário Neto; Ricardo Ferreira Pinto; Silvia Cristina Cardoso; Tarcísio José Leite dos Santos; Fábio José Cardoso; Flávio Carneiro; Frederico Pacheco de Medeiros; José Augusto Dias Filho e Leandro Aparecido da Silva Anastácio, além das empresas: PVR Propaganda e Marketing; Rádio Arco Íris; Data Word Pesquisa e Consultoria; Eletrobidu Comercial Elétrica e Nando’s Transportes.

Aproximadamente 200 policiais federais dão cumprimento a 24 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, relativos a dois dos investigados, e realizam 48 intimações para oitivas. As medidas estão sendo cumpridas no Distrito Federal e nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Tocantins, e Amapá.

Prisões

A PGR concordou com os pedidos de prisões temporárias de Paulo Vasconcelos, Ricardo Guedes Pinto e Flávio Carneiro. Segundo o MPF, são necessárias para a devida instrução da investigação sobre os fatos relatados nesta peça.

Marco Aurélio não analisou os pedidos porque eles não têm prerrogativa de foro. “Tratando-se de indivíduos não investidos da prerrogativa de foro perante o Supremo:” cuja competência é de direito estrito -, a apreciação do pedido relativo à prisão temporária; ante a ausência de repercussão no tocante à esfera jurídica da autoridade detentora da prerrogativa e tendo em vista falta de vinculação com o objeto das investigações, há de ocorrer, no juízo competente para supervisão do inquérito policial”.

Outro lado

Em nota, o advogado de Aécio, Alberto Zacharias Toron, afirmou que o tucano sempre esteve à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários que mostrarão a absoluta correção de todos os seus atos.

“É preciso que se esclareça que os recursos referidos pelos delatores da JBS agora como propina são as contribuições eleitorais feitas à campanha do PSDB em 2014 e devidamente registradas na Justiça Eleitoral. Somam-se a esses valores contribuições legais feitas a outros partidos políticos. A medida é, portanto, desnecessária já que o Senador é o maior interessado no esclarecimento de todos os fatos”, diz.

Política

Aécio Neves e Paulinho da Força Sindical foram alvos de nova fase da Lava Jato

Informações da Revista Exame

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão em imóveis do senador Aécio Neves e de sua irmã, Andréa Neves.

A procura de documentos, segundo o G1, faz parte de operação baseada em delações de Joesley Batista e Ricardo Saud.

Os executivos do grupo J&F relataram repasse de propina de quase 110 milhões de reais ao senador.

Outros alvos da operação são Paulo Pereira da Silva, Paulinho da Força, presidente nacional do partido Solidariedade, e empresários que emitiram notas fiscais frias para Aécio.

Política

Agripino não é alvo de busca e apreensão

Não procede a informação divulgada por setores da imprensa nacional de que o a Polícia Federal esteja cumprindo mandado de busca e apreensão em endereços do senador José Agripino Maia (DEM). A negativa foi passada ao blog pela assessoria do senador.

Segundo ‘O Antagonista’, foi pedido pela PGR o mandado de busca, mas negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello.

Política

TSE diploma presidente e vice-presidente da República eleitos em 2018

Em sessão solene realizada na tarde desta segunda-feira (10), a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, fez a entrega dos diplomas aos candidatos eleitos à Presidência da República nas Eleições Gerais 2018, Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão. Realizada no Plenário do TSE, a cerimônia de diplomação confirma que os escolhidos pelos eleitores cumpriram todas as formalidades previstas na legislação eleitoral e estão aptos a tomar posse nos mandatos para os quais foram eleitos.

Na mesa de honra da sessão solene Bolsonaro e Mourão sentaram-se à direita da presidente da Corte, que esteve acompanhada, à sua esquerda, do vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux. Também compuseram a mesa a procuradora-geral Eleitoral, Raquel Dodge, os presidentes da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia, do Senado Federal, Eunício Oliveira, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, e ministros do TSE.

Cerca de 500 convidados assistiram à cerimônia no Plenário do Tribunal. Prestigiaram a solenidade juízes, procuradores, advogados, desembargadores dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), do Superior Tribunal Militar (STM) e do Tribunal Superior do Trabalho (TST), conselheiros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), comandantes das Forças Armadas, ministros do Poder Executivo, parlamentares, familiares e amigos dos diplomados.

Foto: TSE

Foto: TSE