Engana-se quem pensa que a solenidade de inauguração da agência da Previdência de Touros, foi tudo a mil maravilhas.

Simplesmente…o cerimonial do Ministério da Previdência não permitiu que o presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta, pudesse falar em nome do Poder Legislativo do Rio Grande do Norte.

Com Ricardo, tinha mais quatro deputados estaduais, inclusive o filho de Garibaldi, deputado Walter Alves.

Uma tremenda falta de respeito.

A mando de quem o cerimonial agiu dessa forma?

Todos os jornalistas querem saber.