A sexta edição do Festival de Folclore Ivani Machado, realizado nesta quinta-feira (22), no Patamar da Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante, foi uma verdadeira imersão na diversidade cultural do Rio Grande do Norte. Grupos de diferentes cidades do estado, como de Natal, Parnamirim, Santo Antônio do Salto da Onça, Touros e Passa e Fica estiveram no evento participando da competição cultural.

A Prefeitura Municipal contemplou, através de editais, grupos do município que em contra partida realizaram apresentações artísticas, culturais e musicais durante a semana do folclore. “Depois de promovermos muitas atividades nas escolas do município, fechamos a nossa programação com chave de ouro. E muito gratificante poder mostrar as nossas raízes e acolher outros grupos, gerando um intercâmbio cultural”, destacou Miris Oliveira, presidente da Fundação de Cultura Dona Militana.

A programação do Dia Nacional do Folclore iniciou com a roda de peteca, na Praça Senador Dinarte Mariz, ressaltando a cultura indígena. O já tradicional cortejo folclórico saiu do Teatro Municipal até a igreja tricentenária. Os Congos de Combate foram homenageados nesta edição. “Aprendi com os meus antepassados. Hoje sou responsável por manter viva a história deste grupo. Um momento como este é muito importante para fazermos cultura popular”, observou Gláucio Câmara, mestre do grupo.

Vendedores com carrinhos de lanche, brinquedos infantis e música ao vivo deixaram ainda mais animada a noite no Centro da cidade. O evento foi realizado em parceria com a Paróquia de São Gonçalo.

Confira a classificação da competição cultural:

1° lugar – Ballet Popular Terras Potiguares (Passa e Fica)
2° lugar – Cia de Dança Xaxado (Parnamirim)
3° lugar – Grupo de Dança Popular Vidart’s (Natal)
4° lugar – Cia de Dança Mistura de Ritmos (Touros)
5° lugar – Grupo Recriart (Santo Antônio do Salto da Onça)

São Gonçalo