O trabalho de 24 profissionais da imprensa potiguar foi reconhecido pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte em sessão solene para lembrar o Dia do Jornalista. O evento aconteceu na manhã desta quinta-feira (11), às 9h, no plenário da Casa. Cada deputado indicou um homenageado, de diferentes áreas e regiões do Rio Grande do Norte.

“Jornalismo é uma dádiva. Não se trata apenas de uma profissão conquistada com um diploma. É um dom, que a pessoa abraça e, a cada dia, o agarra ainda mais forte, num impulso de paixão. Ser jornalista é um estado de espírito, é um prazer em poder divulgar a notícia, em correr atrás do fato. Por isso, hoje é dia de homenagear essa profissão de desafio e de muita dignidade”, destacou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), propositor da solenidade junto ao deputado Kelps Lima (SDD).

Em discurso emocionado e representando os homenageados, a jornalista Rominna Jácome destacou a importância e a necessidade da profissão e dos profissionais nos dias atuais. “A gente ouve que a profissão de jornalista acabou, que hoje em dia qualquer um publica nas redes sociais. Mas é na contramão desses pessimistas que afirmo, agora é que somos importantes. Somos fundamentais. Com a licença da palavra e citando Umberto Eco, há uma legião de imbecis que têm o mesmo direito à palavra que um prêmio Nobel. Nesse contexto que devemos estar presentes, pois só um bom jornalista, um bom profissional, pode construir a credibilidade”, destacou.

Homenageados
Rominna Jácome, Ciro Marques, Guia Dantas, Elias Medeiros, Michelle Rincon, Alexandre Mulatinho, Eduardo Maia, Liszt Madruga, Lídia Pace, David Freire, Larisse de Souza, Rosemilton Silva, Carol Ribeiro, Danilo Sá, Vonúvio Praxedes, Vicente Neto, Celia Freire, Luciano Almeida, Anna Alyne Dias da Cunha, Allan Darlyson, Gustavo Negreiros, Eugênio Bezerra e Sara Cardoso receberam a honraria do Poder Legislativo estadual. O jornalista Milton Marques será lembrado in memoriam.

AL