Do Blog de Dinarte Assunção, que primeiro informou sobre o caso:

A paciente que foi socorrida na UPA Nova Esperança após ter suspeita médica de covid-19, em Parnamirim, tinha quadro clínico de pneumonia que evoluiu para quadro séptico (infecção), informou ao Blog do Dina o clínico médico Pedro Felipo, do Hospital Giselda Trigueiro, para onde o corpo da mulher foi encaminhado.

Ele explicou que é impossível descartar completamente covid-19, mas, com o quadro clínico de que dispunha e as informações sobre a paciente, foi possível afirmar o seguinte:

“Avaliamos e concluímos que foi pneumonia que evoluiu para quadro séptico. O que examinamos mais as informações do histórico da paciente no permitem essa conclusão e também nos permitem afirmar que o quadro dela não se encaixa em covid-19”, explicou o médico.

Pessoalmente, ele analisou que não sabe o que pode ter acontecido no primeiro atendimento, quando foi indicado à família suspeita de covid-19, mas alertou: “Vamos entrar em fase de infecções cruzadas. Diante de algo novo, é preciso que não se esqueça de que há outras patologias. Sugerir algo dessa natureza, especialmente sendo novo, é temerário”, explicou.

Família

A família da paciente, diante do diagnóstico, se sentiu mais aliviada, já que relatou estar sofrendo preconceito.

“As pessoas até não querem se aproximar da gente por acharem que estamos contaminados”, lamentou João Paulo Gomes, filho da mulher que foi a óbito.