Ex-secretário Marcelo Marcony retoma expediente na Administração

Um fato estranho está acontecendo nos entre muros do Governo Robinson.

Semana passada, o governador anunciou por meio de nota oficial, a exoneração de Marcelo Marcony do cargo de Secretário Estadual de Administração e Recursos Humanos, que ainda não teve publicação no Diário Oficial do Estado.

A exoneração de Marcelo ocorreu devido o contrato suspenso pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), entre a Secretaria Estadual de Administração e a empresa VTI Serviços, Comércio e Projetos de Modernização e Gestão Corporativa LTDA, que venceu pregão com valor orçado em R$ 57 milhões por ano para estruturar um centro de desenvolvimento e sustentação de softwares para os órgãos da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte.

Marcelo Marcony já teve ligações com a VTI. A Tribuna do Norte encontrou referências a participação de Marcelo Marcony, em eventos de informática de 2013 e 2014 (a InfoBrasil), como ‘Executivo de TI da VTI’, mas segundo ele esse status “foi uma estratégia de divulgação” da VTI, que utilizou as palestras dele para se associar “ao amplo conhecimento técnico utilizado na consultoria”.

Fato é que Marcony que já tinha retornado à Fortaleza (CE), retornou na última segunda-feira (09) para continuar seu expediente na Administração, mesmo com exoneração anunciada além do substituto, o atual titular da SEJUC: Cristiano Feitosa.