Esta Tribuna do Norte entrevistou o ex-governador e ex-senador Geraldo Melo, presidente de Honra do PMDB potiguar, nas duas paginas de política deste domingo (16). 

Voz experiente e que por diversas vezes falou pela Presidência do Senado, nas ausências de Antônio Carlos Magalhães, o ex-vice-presidente do Senado criticou a postura da senadora Fátima Bezerra (PT) ao ocupar a cadeira do atual presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE). 

Geraldo abordou ainda a situação política e econômica do Brasil. 

E sobre 2018, admitiu uma candidatura ao Senado ou Câmara Federal, se for para uma missão ou convocação. 

“Deixando bem claro que não me sinto candidato a nada, não estou trabalhamdo para ser candidato. Agora, se eu for convocado, o Senado é um lugar que eu acho que teria condições de cumprir (as atribuições do cargo)”. 

Logo depois, também disse que pode contribuir como deputado federal. 

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.