O ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, aquele acusado de escândalos de corrupção, concedeu uma entrevista a  revista VEJA, onde afirma que via o senador José Agripino Maia, ajudou financeiramente na campanha da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), em 2008.

Eis o trecho da entrevista que fala sobre o assunto:

Quais líderes do partido foram hipócritas no seu caso? A maioria. Os senadores Demóstenes Torres e José Agripino Maia, por exemplo, não hesitaram em me esculhambar. Via aquilo na TV e achava engraçado: até outro dia batiam à minha porta pedindo ajuda! Em 2008, o senador Agripino veio à minha casa pedir 150 mil reais para a campanha da sua candidata à prefeitura de Natal, Micarla de Sousa (PV). Eu ajudei, e até a Micarla veio aqui me agradecer depois de eleita. O senador Demóstenes me procurou certa vez, pedindo que eu contratasse no governo uma empresa de cobrança de contas atrasadas. O deputado Ronaldo Caiado, outro que foi implacável comigo, levou-me um empresário do setor de transportes, que queria conseguir linhas em Brasília.

E o blog pergunta: o dinheiro foi declarado na prestação de contas da campanha de Micarla?

José Agripino e Micarla durante a campanha de 2008

Comentários do Site

  1. Romeu Dantas

    Essa entrevista foi dada ao jornalista Diego Escoteguy, da Veja. E não ao Cláudio Humberto.