A divergência de opiniões é visível, entre o presidente estadual do PR, deputado federal João Maia, e o ex-governador Vivaldo Costa (PR).

Além de Vivaldo já ter divergido de João no apoio para o Governo do Estado, já que João Maia vota em Iberê e ele em Rosalba, o papa anunciou em Cruzeta na noite de ontem (01), que o seu primeiro voto do Senado será da ex-governadora Wilma de Faria (PSB).

Pela coligação que será formada entre PV-PMDB-PR, na chapa proporcional, o deputado federal João Maia já anunciou que seu primeiro voto do Senado será de Garibaldi Filho (PMDB), o segundo ainda é uma incógnita.

Pela conversa que o blog teve com uma fonte extremamente ligada a Vivaldo, senti que a possibilidade é quase zero dele acompanhar o partido no voto a Garibaldi.

Vivaldo tem uma ligação estreita com o senador José Agripino (DEM). São amigos de longas datas.

Em 1990, Vivaldo foi companheiro de chapa de José Agripino na disputa pelo Governo do Estado, e venceram a eleição.

De lá para cá, o respeito político entre ambos é visível, tanto é que nesse período, em todas as campanhas que Jajá disputou, teve o apoio do papa.

Por que nessa será diferente?

Foto: Vlademir Alexandre

Em Cruzeta…o prefeito Sally, Wilma e Vivaldo.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. Perez

    Em 1889 o Brasil proclamou a república, está na hora do RN também proclamar a sua libertação das amarras do império das elites oligárquicas deste estado. Isso de oligarquia é um atraso para o RN.

  2. Perez

    Em 1889 o Brasil proclamou a república, está na hora do RN também proclamar a sua libertação das amarras do império das elites oligárquicas deste estado. Isso de oligarquia é um atraso para o RN.