Com informações da Agência Brasil:

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, está na Câmara dos Deputados explicando como será feito o contingenciamento de verbas de universidades públicas e institutos federais.

Segundo o Ministro, o governo atual não é responsável pelo contingenciamento atual. “O orçamento foi feito pelo governo anterior. Não somos responsáveis pelo desastre da educação brasileira”.

Ele diz que “foi Dilma que caiu por causa de manobra contábil”. “Nós estamos cumprindo a lei”, afirma. Ele diz que a incerteza só vai “cessar quando for aprovada a nova Previdência”. Rebate a meta prevê 10% do PIB para a educação. “Há países que gastam menos de 7% e têm educação acima da brasileira”.

Ele reitera que governo investiu na qualificação de professores do ensino superior e não investiu na qualificação de professores do ensino básico. “Ele diz que o governo não é responsável pelos cortes e, se for preciso, polícia vai entrar na universidade”.