O Ministério Público do Estado instaurou inquérito civil assinado pelo promotor Afonso de Ligório Bezerra Júnior para apurar possível ilegalidade na regulamentação e credenciamento de empresas para fornecimento das “placas Mercosul” pelo DETRAN-RN.

A publicação está no Diário Oficial do MP desta sexta-feira (18) e o DETRAN terá dez para responder com todos os documentos solicitados.

O processo de credenciamento das empresas ocorreu ainda no governo Robinson, mas o novo diretor nomeado por Fátima nesta sexta-feira é quem vai ter que encaminhar as solicitações ao MP.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.